1º Rally Espírito Santo

Rally do Espírito Santo: pilotos e navegadores dominaram a velocidade

Postado em 15 de março de 2014

Márcio Machado/DFOTOS

Márcio Machado/DFOTOS

Pé cravado no acelerador, manobras de curvas alucinantes e diversos estilos de pilotagem. Toda experiência foi válida na busca pela vitória da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

15 de março de 2014 -A terra é o habitat preferido dessas máquinas… A velocidade está no DNA dos pilotos e navegadores. Um conjunto que rende altas doses de emoção para quem disputará o título do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. O Rally do Espírito Santo deu início a temporada 2014 da competição e acontece neste final de semana, em Linhares, ES. O grid é composto por motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões.

O percurso deste sábado teve 230 quilômetros, sendo 170 quilômetros de cronometro aberto, onde os participantes deram tudo de si para serem os mais rápidos do rali. O destaque do dia foi o trecho de praia beirando o mar… Mas, não foi tão simples o quanto parece ser. Com vegetação em meio a areia, fez-se necessário desviar dos obstáculos para evitar possíveis avarias.

Os atuais campeões brasileiros, o piloto Lucas Moraes e o navegador Alberto Andreotti saíram na frente no campeonato, com 02h07min25 (diferença de 05min19s para a dupla Maurício e Gustavo Bortolanza, segundo colocados).

“Começar com uma vitória é importante, mas ainda tem muito chão pela frente. É o terceiro ano que competimos juntos (Beco) e nosso entrosamento está cada vez melhor. Independente da vitória, amanhã é outro dia, outra etapa, então, lutaremos novamente por esse resultado”, salientou Lucas.

O primeiro dia do Rally do Espírito Santo foi extremamente variado, com estradões de terra batida, areia, erosões, subidas e descidas, algumas lombadas, entre outros obstáculos. E já que a velocidade que interessa: “alcançamos a máxima de 160 km/h. Começamos com o pé direito e buscaremos a vitória desse título inédito”, afirmou Andreotti.

Nos caminhões, o trio da Salvini Racing teve problemas no freio do caminhão, e acumulou o tempo de 4h22min38s.

E continua

Bastante elogiado pelos competidores, o Rally do Espírito Santo prossegue neste domingo, a partir das 8h. Serão mais 175 quilômetros de especial em roteiro parcialmente novo. Os trechos que se repetirão serão percorridos em sentido inverso ao deste sábado. De acordo com o diretor técnico da Rallymakers, Eduardo Magalhães, as características prevalecem, valorizando o verdadeiro estilo cross country. A premiação dos vencedores está prevista para às 16h.

Classificação – Primeira etapa do Rally do Espírito Santo

Carros
1º Lucas Moraes/Alberto Andreotti, 02h57min25s
2º Maurício Bortolanza/Gustavo Bortalanza, 02h12min45s
3º Mauro Guedes/Neurivan Calado, 02h14min15s
4º Marcos Moraes/Eduardo Sachs, 02h14min38
5º Luis Carlos Nacif/Filipe Bianchini de Oliveira, 02h16min04s

Caminhões
1º Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, N/C

Classificação – Geral do Rally do Espírito Santo

Carros
1º Lucas Moraes/Alberto Andreotti, 02h09min45s
2º Maurício Bortolanza/Gustavo Bortalanza, 02h14min59s
3º Mauro Guedes/Neurivan Calado, 02h16min45s
4º Marcos Moraes/Eduardo Sachs, 02h16min48
5º Luis Carlos Nacif/Filipe Bianchini de Oliveira, 02h18min25s

Caminhões
1º Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, N/C

Programação – Rally do Espírito Santo

16 de março – domingo
8h – Largada da primeira moto no parque de apoio
8h30 – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h – Largada do primeiro carro no parque de apoio
10h30 – Largada do primeiro carro na Prova Especial
16h – Cerimonial de premiação

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri