1º Rally Espírito Santo

Rally do Espírito Santo conquista público e supera expectativas da organização e competidores

Postado em 16 de março de 2014

Márcio Machado/DFOTOS

Márcio Machado/DFOTOS

Márcio Machado/DFOTOS[/caption]O piloto Lucas Moraes e o navegador Alberto Andreotti foram os vencedores na categoria Carros. Nos caminhões, Guido Salvini, Flávio Bisi e Fernando Chwaigert saíram na frente

16 de março de 2014 – A cidade de Linhares, situada ao Norte do Espírito Santo, caiu nas graças da nação off-road… E a população linharense também adotou os pilotos e navegadores, que neste final de semana, participaram da etapa de abertura do Brasileiro de Rally Cross Country. Nomeado de Rally do Espírito Santo, o certame contabilizou pontos para as primeiras e segundas etapas do campeonato 2014.

O roteiro deste domingo teve 230 quilômetros, com 175 quilômetros de cronômetro aberto, nos quais os competidores tiveram de acelerar tudo o que podiam (e sabiam). A especial partiu do Bairro do Canivete, em uma estrada de canavial, e a chegada foi no vilarejo do Brejo Grande. A população aproveitou a oportunidade e, animada, prestigiou o evento em todos os acessos possíveis (Shopping PátioMix e início/fim de percurso). “A organização do evento estava impecável, e foi perceptível que a direção pensou todos os detalhes. Estou bem satisfeito”, elogiou o piloto Roberto Reijers.

As características de terreno foram mantidas, priorizando o verdadeiro estilo do cross country, ou seja, variedade de obstáculos e terrenos, com destaque para a areia pesada, que demandou braço do piloto e potência do motor dos veículos. O trajeto passou por plantações de eucaliptos, cana-de-açúcar e cacau… Sem falar das áreas descampadas e faixa de praia, que deram um charme extra ao rali. De acordo com os off-roaders, a prova manteve o alto nível técnico, demandando muita navegação. Plantações de cacau, eucalipto e horizontes compuseram o cenário.

Nos carros, a dupla Lucas Moraes e Alberto Andreotti voaram baixo com o protótipo Sherpa e fizeram o menor tempo do Rally do Espírito Santo nos dois dias de provas. “Mesmo com vantagem considerável obtida ontem (mais de quatro minutos), mantivemos a estratégia e aceleramos fundo. O piso estava bem liso devido a chuva passageira, e era preciso muito cuidado para não acontecer nada grave. Foi mais um dia de navegação intensa, por isso, quero parabenizar o meu navegador, o Beco, pelo trabalho em equipe. Foi show”, elogiou Moraes. Em segundo lugar ficaram Marcos Moraes e Eduardo Sachs, seguidos por Mauro Guedes e Neurivan Calado.

Para os caminhões, o traçado foi menor, com 74 quilômetros de trecho cronometrado. O trio da Salvini Racing (o piloto Guido Salvini, o navegador Flávio Bisi e o copiloto Fernando Chwaigert) resolveu o problema no freio do Mercedes-Benz Atego 1725, e terminou a etapa de domingo na primeira posição.

O Rally Espírito Santo se despediu de Linhares, ES. “Agradecemos ao Governo do Estado do Espírito Santo e a Prefeitura de Linhares por todo o apoio concedido a nós durante nossa passagem. A receptividade das pessoas tornou o nosso evento grandioso, e estamos muito felizes por isso. A região tem a geografia perfeita para esses tipos de provas, o que proporcionou uma disputa de alto nível técnico”, salientou o diretor presidente da RallyMakers, Fernando Bentivoglio.

Encerradas as atividades do Rally do Espírito Santo, as atenções dos pilotos de motos, quadriciclos e UTVs se direcionam agora para o Rally RN 1500, de 09 a 13 de abril. A competição será realizada no Rio Grande do Norte e valerá pelas 3ª, 4ª, 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

Classificação – Segunda etapa do Rally do Espírito Santo

Carros
1º Lucas Moraes/Alberto Andreotti, 01h41min24s
2º Marcos Moraes/Eduardo Sachs,01h43min32s
3º Luis Carlos Nacif/Filipe Bianchini de Oliveira, 01h51min04s
4º Mauro Guedes/Neurivan Calado, 01h51min38s
5º Roberto Reijers/Rogério Almeida, 01h53min51s

Caminhões
1º Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, 02h19min54s

Classificação Final – Rally Espírito Santo

Carros
1º Lucas Moraes/Alberto Andreotti, 03h51min10s
2º Marcos Moraes/Eduardo Sachs, 04h00min20s
3º Mauro Guedes/Neurivan Calado, 04h08min24s
4º Luis Carlos Nacif/Filipe Bianchini de Oliveira, 04h09min29s
5º Roberto Reijers/Rogério Almeida, 04h12min25s

Caminhões
1º Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, 06h52min33s

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri