Sem categoria

Rally Barretos: dez anos de história e vocação para boas provas

Postado em 06 de março de 2016

A Rallymakers comemorou neste final de semana, 05 e 06 de março, os dez anos do Rally Barretos – uma das mais importantes provas do calendário nacional de rali cross country e rali baja. E os competidores travaram uma disputa acirrada em busca deste troféu histórico

277195_582354_301_donicastilho_4070

Fechou-se com chave de ouro a primeira década do Rally Barretos – evento organizado pela Rallymakers, que tem o comando de Fernando Bentivoglio, Luiz Fernando Goulart e Eduardo Magalhães, juntos desde a primeira edição.“Quando um evento é tratado com seriedade e comprometimento, independente das dificuldades que enfrentamos, o sucesso é a única consequência. Sempre nos colocamos no lugar do competidor a fim de saber se estaremos ou não atingindo as expectativas para uma determinada prova, e completar dez anos de vida, indica que estamos no caminho certo. Esperamos atuar no esporte por mais dez anos, proporcionando o melhor off-road”, declarou Bentivoglio.

Assim, neste domingo, foi concluída a 10ª edição do evento, que teve sede no Parque do Peão, em Barretos, SP. O grid foi composto por 93 veículos, entre motos, quadriciclos, UTVs e carros, e os participantes estiveram empenhados em aumentar o brilho da competição. Grandes disputas foram travadas e fortes emoções acompanharam os poucos segundos que separaram os vencedores para seus concorrentes, na luta pelo título do certame.

A segunda etapa do Rally Barretos teve mais 150 quilômetros, e o que já estava bom ficou ainda melhor, pois, após de realizarem o reconhecimento do percurso, pilotos e navegadores tiveram como meta principal superar seus próprios tempos, e com isso, imprimir um ritmo de disputa ainda mais forte. O terreno não teve muitas alterações e manteve as características da etapa de ontem (sábado): setores secos e molhados, com poças de d’água, lama, lombas (saltos) e várias curvas.

Foco na segunda etapa

O 10º Rally Barretos valeu pelas 1ª e 2ª etapas dos Campeonatos Brasileiro de Rally Cross Country e Rally Baja. Sendo assim, é preciso pontuar por dia! Então, neste domingo, na categoria motos, venceu Luiz Fernando Menuzzo, seguido de Elias Campideli Folly e Leonardo Uratani.

Entre os quadriciclos, a briga foi boa entre Richard Amaral e Jérémy Dubois, com uma diferença de apenas 16 segundos, com vantagem para Amaral. Em terceiro lugar, ficou Luiz Fernando Melo.

Nos UTVs, Maurício Neves fez o melhor tempo do dia, com Daniel Costa e Bruno Varela, na segunda e terceira colocações, respectivamente.

Nos carros, vitória de Michel Terpins e Beco Andreotti, com Marcos Moraes e Fábio Pedroso em segundo lugar, e Thiago Rizzo e Cadu Sachs, em terceiro.

Essa vitória é especial… 

Entre tantos quilômetros percorridos, da poeira vermelha às enormes poças d’água… Desde 2007, inúmeros pilotos e navegadores já passaram pelo grid do Rally Barretos. Lembra-se na primeira edição, quando com a arquibanca lotada, o público conheceu o Caminhão Voador da Salvini Racing (da extinta categoria Caminhões)… Um livro com belas páginas poderia ser escrito deste evento que todo ano deixa sua marca na cidade de Barretos.

Por isso, cada competidor deu tudo de si na luta pelo pódio de 2016, pois o desejo de levar para casa o troféu dos dez anos foi bem grande. Mas, como sabido, apenas um de cada categoria pode comemorar o primeiro lugar.

Assim, na categoria motos, o campeão foi o piloto Ramon Sacilotti. “Hoje o terreno estava mais seco, gostoso de andar, tracionando muito bem. Apesar de algumas dificuldades que tive, completei o roteiro e conquistei o melhor tempo na Geral. É muito satisfatório começar o campeonato brasileiro com vitória”, apontou o piloto.

Nos quadriciclos, feliz da vida, comemorou o piloto Richard Amaral, que também marcou o seu regresso às trilhas, após um grave acidente. “Estou muito feliz com esse resultado, pois no ano passado eu estava machucado. Como ontem adquiri uma vantagem considerável para meu principal oponente, optei por ter cautela e não correr risco nesta fase final. Aliviei a mão”, falou Amaral.

No UTVs, Maurício Neves (que foi o primeiro campeão do Rally Barretos, na época pela categoria Carros), enfim comemorou novamente dez anos depois. “Esse ano, em especial, além de completar dez anos da minha primeira vitória, tudo era novidade. Estreei nos UTVs e ontem ainda estava muito apreensivo, pois pela primeira vez competi sem navegador, tudo era novo. Hoje já larguei mais confiante, com melhor conhecimento do veículo e venci a etapa. Estou muito feliz por essa conquista, mostrou que eu e minha equipe temos sim capacidade para competir em outra categoria”, comemorou Neves.

Nos carros, Marcos Moraes e Fábio Pedroso sagraram-se tricampeões do Rally Barretos. “Vínhamos acelerando forte para buscar esse pódio, quando ultrapassamos o nosso principal concorrente. Depois disso, nos tranquilizamos e administramos o resultado”, contou Pedroso, que completou. “O terreno hoje estava melhor para acelerar, mais compacto e seco. Foi uma prova muito prazerosa. A organização está de parabéns e estamos honrados e sermos os vencedores desta edição de dez anos do Rally Barretos”.

Mais atrações para o público

Na programação do 10º Rally Barretos, além da disputa, o público pode prestigiar uma exposição de carros antigos – Vintage Car Show. “Desde criança sou apaixonado por carros, e quando tive a oportunidade de comprar um exemplar antigo, ele apresentava vários defeitos. Com o tempo, fiz os devidos reparos, a exemplo de pintura, estofado, mecânica e etc, e a máquina ficou completa”, disse Roberto Brito, de Catanduva, SP, que foi dono de um Puma 1978, e que estava exposto no evento.

As pessoas também se divertiram com os shows do Grupo Escorregando e da banda Five Dollar Shot.

Classificação – 10º Rally Barretos

Segunda etapa – domingo

Categoria Motos

1º Luiz Fernando Menuzzo, 02h00min31s
2º Elias Campideli Folly, 02h00min36s
3º Leonardo Uratani, 02h01min02s
4º Ramon Sacilotti, 02h03min12s
5º Fabrício Bianchini, 02h03min20s

Categoria Quadriciclos

1º Richard Amaral, 02h07min12s
2º Jérémy Dubois, 02h07min28m
3º Luiz Fernando Melo, 03h00min00s

Categoria UTVs

1º Maurício Neves, 01h58min02s
2º Daniel Costa, 02h01min33s
3º Bruno Varela, 02h02min24s
4º Dimas de Melo Pimenta III, 02h03min50s
5º Fábio Citro, 02h04min24s

Categoria Carros

1º Michel Terpins e Beco Andreotti, 01h52min43s
2º Marcos Moraes e Fábio Pedroso, 01h53min48s
3º Thiago Rizzo e Cadu Sachs, 01h59min22s
4º Cristian Domecg e Weidner Moreira, 01h59min49s
5º Maycon Soares e Daniel Rodrigues, 02h01min40s

Classificação Geral – 10º Rally Barretos

Categoria Motos

1º Ramon Sacilotti, 04h07min46s
2º Luiz Menuzzo, 04h11min22s
3º Leonardo Uratani, 04h11min36s
4º Fabrício Bianchini, 04h13min55s
5º Rodrigo Montemor, 04h24min26s

Categoria Quadriciclos

1º Richard Amaral, 4h24min26
2º Jeremy Dubois, 06h04min16s
3º Luiz Fernando Melo, 10h33min00s

Categoria UTVs

1º Maurício Neves, 04h10min43s
2º Daniel Costa, 04h12min18s
3º Dimas de Melo Pimenta III, 04h12min26s
4º Fábio Citro, 04h15min00s
5º Diego de Azevedo Pizzo, 04h15min02s

Categoria Carros

1º Marcos Moraes e Fábio Pedroso, 03h50min58s
2º Michel Terpins e Beco Andreotti, 03h51min57s
3º Thiago Rizzo e Cadu Sachs, 04h03min10s
4º Cristian Domecg e Weidner Moreira, 04h08min38s
5º Maycon Soares e Daniel Rodrigues, 04h09min23s

 

O 10º Rally Barretos tem apoio da Prefeitura de Barretos, os Independentes, Bike Box, Divino Fogão, FD Stands & Displays e Cennarion. Promoção Black Box