Notícias

Lucas Moraes é o vencedor da terceira etapa da Rallymakers UTV CUP em Itu

Postado em 11 de julho de 2022
O piloto Lucas Moraes teve 100% de aproveitamento e venceu a etapa de Itu (Créd. PhotoAction)

O piloto Lucas Moraes teve 100% de aproveitamento e venceu a etapa de Itu
(Créd. PhotoAction)

A prova teve o parque de apoio na Praça Washigton Luiz, e um percurso de 27 quilômetros (percorrido em três baterias), que passou pela Estrada Imperial do Pau dAlho

O piloto Lucas Moraes (Polaris) pisou fundo no acelerador e conseguiu manter a liderança nas três voltas cronometradas da 3ª etapa da Rallymakers UTV CUP, realizada na Estância Turística de Itu (SP), neste último sábado (09). Os participantes enfrentaram uma prova difícil, com trechos estreitos e com bastante curvas.

Com um grid de 28 UTV’s, a UTV CUP levou aos competidores uma especial bastante técnica e variada entre fazendas na Estrada Imperial do Pau d’Alho. E apresentou aos pilotos experientes e aos novatos, uma competição acirrada, que exigiu atenção e habilidade.

O desafio

Os pilotos encararam um desafio com três voltas de 50 quilômetros, e a cada uma, 27 quilômetros eram cronometrados, totalizando 81 quilômetros contra o relógio. Eles aceleraram por trilhas entre eucaliptos, serra e com várias curvas de alta velocidade. Já o piso liso (e que levantou poeira), exigia o cálculo perfeito da frenagem para não passar do ponto.

Lucas foi o mais veloz da etapa. A bordo do novo Polaris Pro R, ele se manteve em primeiro lugar em todas as baterias disputadas. “Foi incrível, nunca imaginei vencer as três voltas em um grid tão disputado. A prova foi muito difícil e o carro estava perfeito”, resumiuEm segundo lugar ficou Kaique Bentivoglio, seguido por Guilherme Tomelin, em terceiro.

Estreia no rally

Outro destaque do sábado foi a estreia de Giancarlo dos Santos como piloto de rally baja. O participante até então era mecânico e nessa terceira etapa, decidiu se aventurar a bordo de um UTV. O resultado? Primeiro lugar na categoria Double. “Estou feliz em ter participado e vencido na categoria. Agradeço a todos os envolvidos. A prova foi muito gostosa de pilotar”.

E a UTV CUP também atraiu o público, tanto no parque de apoio localizado na Praça Washigton Luiz em frente ao Ginásio de Esportes Ituano, quanto para quem decidiu acompanhar a prova próximo a trilha. “O evento trouxe uma atividade diferenciada para o município, despertando o interesse de turistas e moradores locais, incentivando a economia e divulgando Itu. A prefeitura incentiva e queremos que essa competição volte outras vezes”, disse. 

De acordo com o diretor geral da UTV CUP, Fernando Bentivoglio a etapa foi um grande sucesso. “Entregamos essa etapa difícil, de risco alto, e chegamos sem nenhum incidente grave no final dela. Todos estão felizes, fizemos uma premiação com o pódio cheio. A UTV CUP continua fazendo amigos por onde passa. Agora, a quarta etapa será em dezembro, mas tentaremos incluir mais uma etapa intermediária nesse segundo semestre”, encerra. 

 

A 3ª etapa da Rallymakers UTV CUP tem patrocínio e apoio de Polaris One, Casarini, Cotton Racing, Kondz, RB1 Racing, Master Bus, Central Park Plaza Shopping e Prefeitura Municipal de Itu

Supervisão: CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo

 

 

UTV CUP traz desafio diferente em Itu

Postado em 06 de julho de 2022
Além de trechos sinuosos, prova em Itu também terá partes rápidas, de piso firme (Créd. Virginio Cruz/PhotoAction)

Além de trechos sinuosos, prova em Itu também terá partes rápidas, de piso firme
(Créd. Virginio Cruz/PhotoAction)

Competidores vão enfrentar percurso com subidas e descidas sinuosas na terceira etapa da temporada. Expectativa mais uma vez é de briga acirrada pelas primeiras posições

A Rallymakers UTV CUP já mostrou que veio para se tornar um campeonato forte e ser uma oportunidade de aprendizado e diversão para novos e experientes pilotos do rally baja. A terceira etapa será realizada neste próximo sábado, 09 de julho, na Estância Turística de Itu (SP), com parque de apoio na Praça Washington Luiz. O público terá a oportunidade de conhecer de perto os competidores e as máquinas que fazem o sucesso deste esporte.

De acordo com a organização essa será uma prova de características diferenciadas. “A primeira metade dos 27 quilômetros de trecho cronometrado será travada, com subidas e descidas íngremes e bastante sinuosa em meio a eucaliptos. A segunda parte mantém o relevo, porém, será mais aberta e rápida, com piso firme e sem pedras”, detalhou o diretor de prova. O percurso passará por propriedades particulares na Estrada Imperial do Pau d’Alho. Serão três provas no dia na busca do melhor tempo do rally.

Entre os destaques da UTV CUP está a competitividade (extremamente acirrada) entre os pilotos que, a cada bateria, têm travado disputas incríveis. O campeão da última etapa (realizada em Sorocaba), Kaique Bentivoglio explica que isso se dá pelo estilo da prova. “Andamos tudo o que dá, tem que ser ‘tiro curto’, acelerar ao máximo do início ao fim, pois não há tempo para recuperação. O percurso é curto, diferente de um Brasileiro, então, tem que ser rápido e saber a hora de poupar o UTV. É o que todos fazem”, fala. Ele ainda aponta que a Rallymakers UTV CUP tem uma qualidade muito positiva, pois consegue agregar competidores iniciantes e experientes.

Da mesma opinião compartilha o piloto Nuno Fojo, líder da categoria RC UTV 1. “A UTV CUP traz uma oportunidade de competição divertida e com custos bem mais reduzidos quando comparados a uma etapa do Brasileiro de Rally Baja. Com isso, atraí um tipo de piloto ou entusiasta que não quer o compromisso financeiro grande”, avalia Fojo, que completa. “Sinto que em termos de organização, o evento também melhora cada vez mais, e o resultado disso é a crescente de grid“.

Ainda é possível garantir presença no grid da prova deste sábado. As inscrições seguem abertas pelo site www.rallymakers.com.br

Programação – Etapa Itu

Total: 50 km
Deslocamento inicial: 11 km
Trecho cronometrado: 27 km
Deslocamento final: 12 km

Dia 08 de julho – sexta-feira

9h – Abertura do parque de apoio
13h – Abertura da Secretaria de Prova e vistorias técnicas

Dia 09 de julho – sábado

9h – Briefing
9h30 - Largada do primeiro competidor no Parque de Apoio
10h – Largada da primeira prova
12h30 – Largada da segunda prova
15h – Largada da terceira prova
17h – Premiação

A 3ª etapa da Rallymakers UTV CUP tem patrocínio e apoio de Polaris One, Casarini, Cotton Racing, Kondz, RB1 Racing, Master Bus, Central Park Plaza Shopping e Prefeitura Municipal de Itu
Supervisão: CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo

 

Itu recebe a terceira etapa da Rallymakers UTV CUP

Postado em 27 de junho de 2022
O percurso de cada volta tem 50 quilômetros, sendo 27 km de trecho cronometrado

O percurso de cada volta tem 50 quilômetros, sendo 27 km de trecho cronometrado. (Créd. Nelson Santos Jr/PhotoAction)

 

UTV CUP chega à cidade no dia 09 e coloca Itu no circuito de rally baja. Parque de apoio será na Praça Washington Luiz, com visitação aberta ao público

A Estância Turística de Itu – localizada a 120 quilômetros de São Paulo – é a próxima cidade a receber a Rallymakers UTV CUP. A terceira etapa está programada para o dia 09 de julho, com parque de apoio na Praça Washington Luiz, em frente ao ginásio municipal de Esportes. As inscrições estão abertas pelo site www.rallymakers.com.br.

A competição estreou esse ano no calendário do esporte a motor e, além de receber grandes feras do rally baja, também é porta de entrada para novos pilotos que sonham em ingressar na modalidade. De acordo com o diretor geral da UTV CUP, Fernando Bentivoglio, o evento oferece acessibilidade, praticidade, conforto e interação aos participantes. “São provas de um único dia e um ambiente familiar. Estamos construindo uma atmosfera muito gostosa, unindo mais os competidores, que vêm acompanhados de parentes e amigos. A confraternização entre todos tem ficado bastante evidente e isso traz um toque especial ao rally”, destacou Bentivoglio.

O secretário de turismo, lazer e eventos de Itu, Cesar Calixto, afirma que a realização da UTV CUP no município traz diferenciais para a divulgação do turismo local. “É uma honra recebermos uma disputa desse nível e qualificação e, com certeza, será uma grande atração para a população, que terá acesso aos boxes das equipes, veículos e verá os mecânicos trabalhando nas máquinas. E ainda, assistir à corrida em pontos específicos do trecho cronometrado. Será emocionante”, declarou Calixto.

Um roteiro diferente

O percurso de cada volta tem 50 quilômetros, sendo 27 quilômetros de trecho cronometrado e 23 quilômetros de deslocamentos, e cruzará fazendas na Estrada Imperial do Pau d’Alho. “Diferente das outras etapas, em Itu teremos características bem específicas da região. O roteiro privilegia uma paisagem maravilhosa, em meio as montanhas. Teremos vales e lagos. E por ser um roteiro distinto, aumentará o desafio para os pilotos. Além disso a cidade anfitriã oferece inúmeras opções de passeios, hospedagens e gastronomia que vale a pena conferir com a família”, contou Bentivoglio, demonstrando estar bastante satisfeito com os trabalhos de levantamento.

A programação da terceira etapa da Rallymakers UTV CUP começa na sexta-feira, dia 08 de julho, a partir das 13h, com a abertura da secretaria de prova e do parque de apoio. No sábado (09), as atividades têm início a partir das 9h, com o briefing entre organização e inscritos, com largada da primeira bateria às 10h.

 

Programação – Etapa Itu

Total: 50 km

Deslocamento inicial: 11 km

Trecho cronometrado: 27 km

Deslocamento final: 12 km

 

Dia 08 de julho – sexta-feira

9h – Abertura do parque de apoio

13h – Abertura da Secretaria de Prova e vistorias técnicas

 

Dia 09 de julho – sábado

9h – Briefing

9h30 - Largada do primeiro competidor no Parque de Apoio

10h – Largada da primeira prova

12h30 – Largada da segunda prova

15h – Largada da terceira prova

17h – Premiação

A 3ª etapa da Rallymakers UTV CUP tem patrocínio e apoio de Polaris One, Casarini, Cotton Racing, Kondz, RB1 Racing, Master Bus, Central Park Plaza Shopping e Prefeitura Municipal de Itu

Supervisão: CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo

 

 

Diferença de dois segundos define vencedor geral na Rallymakers UTV CUP em Sorocaba

Postado em 30 de maio de 2022
O piloto Kaique Bentivoglio sagrou-se campeão da segunda etapa da UTV CUP (Créd. PhotoAction)

O piloto Kaique Bentivoglio sagrou-se campeão da segunda etapa da UTV CUP
(Créd. PhotoAction)

Ao fim de três voltas por um percurso técnico e desafiador em meio a canaviais, Kaique Bentivoglio leva a melhor sobre Deninho Casarini em um sábado de disputas acirradas

Dois segundos ao fim de três voltas e 100 quilômetros cronometrados; a diferença entre o vencedor geral, Kaique Bentivoglio (Polaris) e o segundo colocado Deninho Casarini (Can-Am), resume o que foi a segunda etapa da Rallymakers UTV CUP, realizada em Sorocaba (SP), neste último sábado (28).

Com um grid de 33 inscritos, a prova levou aos competidores uma especial bastante técnica e variada. E mostrou uma disputa acirrada na classificação geral e das diferentes categorias, que manteve o desfecho em aberto até o último quilômetro.

O desafio

Os participantes encararam um trecho cronometrado de 33,4 quilômetros por volta. Aceleraram por trilhas entre canaviais, com várias curvas velozes, já outras eram mais travadas que exigiram o cálculo perfeito da frenagem para não passar do ponto, além de alguns trechos com o piso danificado e poeira.

Como mostra do equilíbrio, três pilotos diferentes foram os mais rápidos em cada passagem: Lucas Moraes (Polaris) na primeira; Casarini na segunda e Richard Fliter (Polaris) na terceira. Bentivoglio esteve entre os primeiros em todas elas para, na soma, conquistar a vitória.

“Estou muito feliz. Dessa vez eu contei com a torcida da família e felizmente saio com a vitória (depois de bater na trave algumas vezes). Foi uma prova cheia de detalhes, não dava para arriscar demais em alguns trechos mais complicados. Procurei manter a calma; o carro na pista, andar o mais rápido e redondo possível”, resumiu o vencedor. No sexto lugar na prova, Nuno Fojo (Polaris RZR Pro R) mantém a liderança do campeonato, com 141 pontos. Casarini e Moraes vêm em seguida, com 133.

Outro destaque do sábado foi a participação de uma das mais experientes pilotos do off-road nacional. Veterana de competições como o Sertões, Helena Deyama (Can-Am) foi a única mulher no volante. Ela gostou muito do que viu e enfrentou em Sorocaba. “A prova foi fantástica. A UTV Cup é o ideal para quem quer iniciar no esporte: é curta, você chega e vai embora no mesmo dia, de custo mais baixo e divertida. Tomara que mais mulheres se animem e participem”. 

 

Rallymakers UTV Cup

Segunda etapa: Sorocaba

Classificação geral

  1. Kaíque Bentivloglio (Polaris RZR Pro XP/Polaris One) 1h06min23
  2. Denísio Casarini (Can-Am Maverick X3/One Rally Team) + 2s
  3. Lucas Moraes (Polaris RZR Pro XP/Polaris One) + 16s8
  4. Juliano Meira (Can-Am Maverick X3/One Rally Team) + 59s2
  5. Richard Fliter (Polaris RZR Pro XP/One Rally Team) + 1min58s8

 

Vencedores por categorias

RC1: Denísio Casarini (Can-Am Maverick X3/One Rally Team)

RC2: Kaíque Bentivloglio (Polaris RZR Pro XP/Polaris One)

RC3: Lucas Delasta (Polaris RZR Pro XP/Barracão Off-Road)

RC4: Richard Carida (Polaris RZR Pro XP/RB1 Racing)

RCD: Vinícius Lima/Minae Miyauti (Can-Am Maverick X3/Bianchini Rally)

RCO: Daniel Gonçalves (Can-Am Maverick X3/Caça-Léguas)

RCK: Massimo Casarini (Polaris RZR Pro XP/One Rally Team)

RCX: Zeca Giaffone/Camila Giaffone (Giaffone EXo Nb/Giaffone Racing)

 

Calendário 2022 – Rallymakers UTV Cup

3ª etapa

09 de julho – Socorro

4ª etapa

10 de dezembro – Santa Bárbara D’Oeste

 

Patrocínio e apoio: Polaris One, Casarini, Kondz, Central Park Plaza Shopping e Urbanismo, Master Bus, Cotton Racing, Johnny’s & Jo’s Rally Team, GC Rally Team e Parque Tecnológico de Sorocaba

Supervisão: Confederação Brasileira de Motociclismo

 

 

Rallymakers UTV CUP atrai novos competidores para o rally baja

Postado em 26 de maio de 2022

Sorocaba recebe a segunda etapa da Rallymakers UTV CUP neste sábado, 28 (Créd. Virginio Cruz/PhotoAction)

Sorocaba recebe a segunda etapa da Rallymakers UTV CUP neste sábado, 28
(Créd. Virginio Cruz/PhotoAction)

Concentração do evento será no Parque Tecnológico de Sorocaba, com infraestrutura que oferece praticidade e conforto aos participantes. Prova é neste sábado, 28

A prática de esportes off-road tem conquistado cada dia mais pessoas que buscam o mix de adrenalina e contato com a natureza e, para quem é apaixonado por velocidade, terá neste próximo sábado (28), a oportunidade de acelerar na 2ª etapa da Rallymakers UTV CUP – uma prova no estilo rally baja, destinada à veículos do tipo UTV. O evento será em Sorocaba (SP) e, além de pilotos veteranos, também atraí pilotos estreantes.

Este é o caso do paulistano Ricardo Sarti Domene que já passou pelo motocross e quadriciclos e, há três anos, está no mundo dos UTVs, mas, até então, praticando apenas expedições. Ele vai entrar no clima de disputa e engrossará o grid da UTV CUP a bordo de um Can Am Maverick X3 XRS.

“Sempre imaginei que São Paulo pudesse ter um campeonato de rally que acolhesse pessoas estreantes no esporte, assim como eu. E a partir deste ano, a Rallymakers começou a proporcionar isso, de forma mais acessível, curta e dinâmica. Acredito que seja a porta de entrada para provas maiores, a exemplo do Campeonato Brasileiro”, afirma Domene.

E o lugar que recebe o parque de apoio da 2ª etapa da Rallymakers UTV CUP é o Parque Tecnológico de Sorocaba – um ambiente que respira e incentiva a tecnologia e inovação. O percurso adentra propriedades particulares destinadas ao cultivo de cana-de-açúcar e, em um circuito sinuoso e rápido, os participantes terão 33,4 quilômetros – com 25,3 quilômetros cronometrados – para buscar o menor tempo da disputa, em três voltas. No total, serão 100 quilômetros de muita aventura.

Para ingressar na competição, Domene preparou o UTV com itens de segurança, a fim de torná-lo apto para o rally baja, conforme manda o regulamento da Confederação Brasileira de Motociclismo. Ele instalou uma gaiola de proteção, tela de proteção nas portas, cinto de segurança para competição, extintores e chave geral. Ainda, adquiriu capacete, macacão e luvas antichamas.

“Estou preparado. Tenho um veículo competitivo e ganhei bastante experiência andando por esse Brasil em diversos tipos de terrenos. Minha expectativa é terminar a etapa em segurança e ganhar conhecimento para as próximas etapas do baja”, pontua.

O parque de apoio abre amanhã (27), com a secretaria de prova e vistorias técnicas operando a partir das 14h. No sábado (28), as atividades são retomadas às 8h, com briefing às 9h30. A largada da prova 1 está marcada para às 11h, com as provas 2 e 3, às 13h e 15h. A premiação segue às 16h30. 

 

Calendário 2022 – Rallymakers UTV Cup

2ª etapa

28 de maio – Sorocaba

3ª etapa

09 de julho – Socorro

4ª etapa

10 de dezembro – Santa Bárbara D’Oeste

 

Patrocínio e apoio: Polaris One, Casarini, Kondz, Central Park Plaza Shopping e Urbanismo, Master Bus, Cotton Racing, Johnny’s & Jo’s Rally Team, GC Rally Team e Parque Tecnológico de Sorocaba

Supervisão: Confederação Brasileira de Motociclismo

 

Sorocaba recebe a segunda etapa da Rallymakers UTV CUP

Postado em 20 de maio de 2022
A segunda etapa da Rallymakers UTV CUP será no sábado, dia 28, em Sorocaba, SP (Créd. Nelson Santos Jr/PhotoAction)

A segunda etapa da Rallymakers UTV CUP será no sábado, dia 28, em Sorocaba, SP
(Créd. Nelson Santos Jr/PhotoAction)

 

Concentração do evento será no Parque Tecnológico de Sorocaba, com infraestrutura que oferece praticidade e conforto aos participantes

A cidade de Sorocaba (SP) entra no calendário dos ralis brasileiros com a 2ª etapa da Rallymakers UTV Cup – campeonato destinado exclusivamente a veículos do tipo UTV. No dia 28 de maio, o município sediará – pela primeira vez – uma competição da modalidade de rally baja, e o QG do evento estará no Parque Tecnológico de Sorocaba – local que respira a tecnologia e inovação para a região, inspirando e apoiando o desenvolvimento de novos produtos e serviços.

E se são estradas para colocar o pé no fundo do acelerador que os competidores anseiam, será exatamente isso o que a organização vai entregar às eles. O percurso terá 33,4 quilômetros, sendo 25,3 cronometrados em meio a canavial (cana alta), com vários trechos de alta de velocidade e sinuosos, o que exigirá da pilotagem. Há poucas lombas ao longo do trajeto, porém, os belos saltos estão garantidos. Serão realizadas três voltas, totalizando 100 quilômetros de disputas.

“A estrutura para essa etapa está excepcional. O Parque Tecnológico de Sorocaba tem fácil acesso, próximo à rodovia Castelo Branco, além de nos disponibilizar uma área de alimentação, banheiros, bebedouros e um espaço para a nossa secretaria de prova e apuração bem próximo a área de box”, destaca o diretor da Rallymakers, Fernando Bentivoglio.

Um novo formato de rally para São Paulo

A Rallymakers UTV CUP foi lançada no início de abril e tem o objetivo de incentivar o off-road no estado de São Paulo, atraindo novos competidores para o rally baja, ao mesmo tempo em que se torna uma opção mais compacta e atrativa para os pilotos mais experientes. “Nossos esforços estão concentrados em realizar etapas de um único dia de disputas, que sejam técnicas e prazerosas aos participantes. Ao mesmo tempo entregar um ambiente aconchegante e familiar”, explica Bentivoglio.

O parque de apoio abre no dia 27 com a secretaria de prova e vistorias técnicas operando a partir das 14h. No sábado (28), as atividades serão retomadas às 8h, com briefing às 9h30. A largada da prova 1 está marcada para às 11h, com as provas 2 e 3, às 13h e 15h. A premiação segue às 16h30.

Calendário 2022 – Rallymakers UTV Cup

2ª etapa

28 de maio – Sorocaba

3ª etapa

09 de julho – Socorro

4ª etapa

10 de dezembro – Santa Bárbara D’Oeste

 

Patrocínio e apoio: Polaris One, Casarini, Kondz, Central Park Plaza Shopping e Urbanismo, Master Bus, Cotton Racing, Johnny’s & Jo’s Rally Team, GC Rally Team e Parque tecnológico de Sorocaba

Supervisão: Confederação Brasileira de Motociclismo

 

 

Rallymakers UTV Cup começa em grande estilo

Postado em 11 de abril de 2022
O piloto Nuno Fojo foi o campeão da etapa a bordo de um Polaris RZR Pro R (Créd. Nelson Santos Jr/PhotoAction)

O piloto Nuno Fojo foi o campeão da etapa a bordo de um Polaris RZR Pro R
(Créd. Nelson Santos Jr/PhotoAction)

Circuito de 25 quilômetros entre canaviais desafiou os competidores em São Carlos (SP). Diferenças apertadas marcaram a luta pelas primeiras posições na geral, vencida pelo português Nuno Fojo

Início mais que promissor para a nova competição dos ralis brasileiros: a etapa de estreia da Rallymakers UTV Cup, em São Carlos (SP), reuniu um grid de alto nível técnico, com direito à participação da norte-americana Sara Price, e desafiou os participantes com um percurso veloz e ao mesmo tempo técnico, elogiado por todos.

Foram três voltas por um circuito bastante técnico de 25 quilômetros em meio a canavial (a plantação estava alta), e as primeiras aceleradas já levantaram muita poeira. Em trechos de alta velocidade, os competidores atingiram os 140 km/h – velocidade máxima permitida pelo regulamento do evento. As lombadas fizeram os UTVs saltarem e testaram o conjunto de suspensão.

“Um percurso rápido e com cana alta: foi a configuração perfeita. Isso aumentou a adrenalina e apimentou a disputa, pois aceleramos no ‘cego’, ou seja, não conseguíamos ver o que vinha pela frente. Tem que acreditar nas placas de sinalização do trajeto e obstáculos, ler rapidamente o terreno e aplicar tudo o que se sabe sobre pilotagem”, descreveu o piloto Kaique Bentivoglio. “É um campeonato que vem para ficar, com uma configuração que aumenta bem a disputa, todo mundo briga por segundos. Com certeza a Rallymakers UTV Cup nasceu para brilhar”, concluiu.

Um pódio extremamente disputado

Como previsto, não faltou emoção na briga pelas primeiras posições e a definição ocorreu por diferenças mínimas. Na geral, apenas 28 segundos separaram o vencedor, Nuno Fojo, do segundo colocado, Marcus Cotton, em um duelo de companheiros na equipe Polaris Factory Racing. A marca também conquistou da terceira à quinta posições – com Lucas Moraes; Júnior Siqueira e Kaique Bentivoglio, respectivamente.

Fojo – português radicado no Brasil – se surpreendeu com o próprio desempenho. “A prova estava muito bem sinalizada, o que me fez sentir confortável na pilotagem. Havia muitas retas e trechos de alta velocidade, e o curioso é que sempre tive melhor performance em percursos mais travados; mas desta vez fui bem nas duas condições e o resultado veio”, comemorou.

Sara Price também se divertiu em sua primeira prova no Brasil. A pilota californiana, que disputa a série Extreme E de buggies elétricos, terminou na nona posição, mesmo com uma escapada de pista que a fez perder tempo na segunda volta.

Primeira etapa concluída com sucesso

“Foi um sábado lindo, com movimentação intensa e três baterias muito disputadas. Demos um ponto pé inicial para a UTV Cup no estado de São Paulo e a primeira etapa foi concluída com êxito”, falou o diretor executivo da Rallymakers UTV Cup, Fernando Bentivoglio, destacando outro objetivo importante e que foi atingido. “Tivemos a presença das famílias dos competidores (inclusive de crianças), algo que queremos enraizar neste evento, para que todos possam vivenciar juntos momentos como esses. Um sábado de lazer, essa é a nossa proposta”, salientou.

A Rallymakers UTV Cup traz um modelo de Rally Baja mais acessível, confortável e prático aos off-roaders, tornando-se assim a porta de entrada para quem quiser ingressar neste esporte. A segunda das quatro etapas do campeonato está marcada para 28 de maio, em Sorocaba (SP). O campeonato passará ainda por Socorro (09 de julho) e Santa Bárbara d’Oeste (10 de dezembro).

Rallymakers UTV Cup – Primeira etapa: São Carlos (SP)

Classificação geral

Nuno Fojo (Polaris RZR Pro R/Polaris Factory Racing) 58min46
Marcus Cotton (Polaris RZR Pro XP/Polaris Factory Racing) 59min14
Lucas Moraes (Polaris RZR Pro XP/Polaris Factory Racing) 59min41
Júnior Siqueira (Polaris RZR Pro XP/Cotton Racing) 59min48
Kaíque Bentivoglio (Polaris RZR Pro XP/Polaris One) 1h00min12
Vencedores por categorias

UT1: Nuno Fojo (Polaris RZR Pro R/Polaris Factory Racing)

UT2: Marcus Cotton (Polaris RZR Pro XP/Polaris Factory Racing)

UT3: Júnior Siqueira (Polaris RZR Pro XP/Cotton Racing)

UT4: Guilherme Rodrigues (Polaris RZR Pro XP/HPS Racing Team)

UT5: Pedro Tocci (Polaris RZR Pro XP/Action One)

UOV: Alexandre Moulin (Can-Am Maverick X3/GC Rally Team)

UDB: Vinícius Lima/Minae Miyauti (Can-Am Maverick X3/Bianchini)

 

Patrocínio e apoio: Polaris One, Casarini, Kondz, Cotton Racing, Garage de France, Central Park Plaza Shopping e Urbanismo, GC Rally Team e Prefeitura Municipal de São Carlos

Supervisão: Confederação Brasileira de Motociclismo

 

Rallymakers UTV Cup: estreia neste sábado um novo modelo de Rally Baja para São Paulo

Postado em 06 de abril de 2022
A cidade de São Carlos recebe a primeira etapa da Rallymakers UTV Cup (Créd. Nelson Santos/PhotoAction)

A cidade de São Carlos recebe a primeira etapa da Rallymakers UTV Cup
(Créd. Nelson Santos/PhotoAction)

 

Organizada pela Rallymakers, a UTV Cup chega com corridas de apenas um dia, entregando provas em formato baja, mais compactas e convidativas

O esporte a motor nacional ganha um novo campeonato off-road: a Rallymakers UTV Cup – destinada aos veículos tipo UTV. O circuito paulista promete aquecer o esporte no Sudeste e oferecer mais acessibilidade aos pilotos da região. A primeira etapa será realizada neste próximo sábado, 09 de abril, na cidade de São Carlos (SP). As inscrições seguem abertas em www.rallymakers.com.br.

“O off-road do estado de São Paulo pedia por uma prova multimarca em um novo formato: um dia de competição, etapas técnicas, a um custo mais acessível e, ainda, que ofereça um ambiente aconchegante para as famílias dos competidores que desejarem acompanhar as provas; e tudo isso de forma segura e atrativa”, diz o diretor executivo da Rallymakers, Fernando Bentivoglio.

Presença internacional enaltece a UTV Cup

E para acelerar nesse percurso estão confirmadas grandes feras da modalidade. Entre os destaques deste grid está a norte-americana Sara Price, hoje uma das principais pilotos do off-road internacional. A californiana de 29 anos começou no motocross, conquistando 17 títulos nacionais. Foi também medalha de ouro nos X-Games.

Sobre quatro rodas, competiu na série de picapes Stadium Off-Road Trucks; participou de inúmeras provas de Baja, e hoje acelera na série Extreme E, de buggies elétricos, em que defende a Chip Ganassi Racing ao lado do compatriota Kyle LeDuc. Além disso, atua como dublê em cenas de ação para filmes e séries, e chegou a concorrer ao título de Miss de seu estado natal.

Ainda haverá a estreia entre os UTVs de dois grandes pilotos do off-road nacional: o paulista Lucas Moraes, que começou nas duas rodas (motocross) e, posteriormente, migrou para a categoria Carros, seguindo os passos do pai, Marcos Moraes. Ele venceu o Sertões em 2019, e é considerado um dos mais rápidos da atualidade.

O outro é o mineiro Francine Rossi – com 30 anos de carreira no motociclismo, é o atual campeão Brasileiro de Rally Baja na categoria Moto 2. “Sempre andei de moto, e agora vou sentir a sensação de pilotar um UTV, algo que imagino ser bem diferente, por ser quatro rodas e com tração 4×4. É certo que precisarei desenvolver uma rápida adaptação no quesito pilotagem”, considera.

Para colocar charme à velocidade nas trilhas, há mais três competidoras para representar as mulheres no esporte: a piloto Vanessa Monteiro de Barros Mac Dowell, e as navegadoras Minae Miyauti e Isabella Campos.

Programação

A etapa de abertura da Rallymakers UTV Cup terá um circuito de 25 quilômetros todo sinalizado, com os mais diversos tipos de obstáculos off-road. O parque de apoio ficará em um campo de futebol no distrito de Água Vermelha, a 1 quilômetro de distância da largada.

Na sexta-feira (08), a programação tem início às 12h, com abertura do parque de apoio, seguida da secretaria de prova, às 15h. A largada da primeira bateria será no sábado (09), às 11h, com as demais provas marcadas para às 13h e 15h. A premiação está prevista para às 16h30.

 

Calendário 2022 – Rallymakers UTV Cup

1ª etapa

09 de abril – São Carlos

2ª etapa

28 de maio – Sorocaba

3ª etapa

09 de julho – Socorro

4ª etapa

10 de dezembro – Santa Bárbara D’Oeste

 

Patrocínio e apoio: Polaris One, Casarini, Kondz, Cotton Racing, Garage de France, Central Park Plaza Shopping e Urbanismo, GC Rally Team e Prefeitura Municipal de São Carlos

Supervisão: Confederação Brasileira de Motociclismo

 

Em dia de chuva, Rally Minas Brasil define campeões

Postado em 14 de março de 2022
Bruno Varela e Bortolanza dominaram o rally entre os UTVs  (Cred. Doni Castilho/DFOTOS)

Bruno Varela e Bortolanza dominaram o rally entre os UTVs
(Cred. Doni Castilho/DFOTOS)

 

Túlio Malta (motos); Bruno Varela / Gustavo Bortolanza (UTV) e Denísio Casarini/Ivo Mayer (carros) conquistam a quarta edição da prova, em Araxá. Na especial do sábado, competidores enfrentaram menos poeira e piso mais compactado e liso

Dois campeões inéditos (nas quatro edições) e um bicampeão. Assim ficou o alto do pódio do Rally Minas Brasil, que abriu o Brasileiro de Rally Cross-Country CBA e CBM na região de Araxá (MG). A definição dos vencedores aconteceu na segunda etapa da prova, com uma especial de 187 quilômetros que levou os competidores às cidades de Tapira e Sacramento. Com um desafio a mais: a chuva, que caiu durante a passagem das motos e mudou as características do piso também para UTVs e carros.

A terra molhada ficou mais compactada (e rápida), além de diminuir bastante a poeira. Uma ajuda importante para quem buscava ultrapassar quem estava à frente. Alguns trechos ficaram mais lisos, exigindo atenção. E não faltaram o trial (partes com muitas pedras e depressões) e sequências velozes. Tudo em meio às montanhas, com subidas e descidas, e a um visual tão bonito quanto o da véspera.

Nas duas rodas, o dia e a classificação final do 4º Rally Minas Brasil foram dominados pelo mineiro Túlio Malta (IMS Yamaha Rally Team). O piloto de Lagoa da Prata, atual vice-campeão brasileiro na classe Moto2 se adaptou bem às condições diferentes para vencer o rally pela primeira vez. Ele ainda foi favorecido por um problema com o francês Adrien Metge, seu companheiro de equipe. Melhor da sexta-feira, Metge teve a torre de navegação de sua moto quebrada, o que limitou seu desempenho.

“Minha primeira vitória na geral em um rally, ainda por cima na minha terra. Minas é um lugar muito propício para a prática do esporte, a gente sobe montanha, desce montanha, passa em rio, escorrega em pedra. Tenho certeza de que a energia que emana de um local tão especial fez a diferença. Feliz por manter o bom momento da equipe, que vem de vários títulos e conquistas”, festejou Malta.

Destaque ainda para a estreia do argentino Martín Duplessis (Honda) em competições brasileiras. Mesmo pouco acostumado ao terreno e ainda se adaptando ao equipamento, ele garantiu o terceiro lugar geral, atrás também do companheiro Bissinho Zavatti.

Entre os UTVs, Bruno Varela e Gustavo Bortolanza (Can-Am) confirmaram a promessa de um ritmo forte para a segunda especial depois de serem os mais rápidos na primeira. Foram superados apenas pelos catarinenses Deni do Nascimento e Gunnar Dums (Can-Am). A soma dos dois dias, no entanto, garantiu a vitória para o integrante da ‘Família da Poeira’, também a primeira no Minas Brasil.

“A prova foi excelente, a organização está de parabéns. Um percurso muito técnico e a chuva ainda apimentou a disputa. Muitos trechos de cascalho e piçarra e o terreno ficou mais liso nesse segundo dia, demos algumas escapadas mas conseguimos o resultado”, afirmou Bortolanza.

Já nos carros, Denísio Casarini e Ivo Mayer (Buggy Giaffone) fecharam o rally com 100% de aproveitamento. Na especial do sábado lutaram contra outro buggy, o de Lucas Moraes e Kaíque Bentivoglio, que abandonaram na véspera. Na classificação final, segunda posição da Ford Ranger T1 de Rodrigo Aché e Luís Felipe Eckel.

“Mudamos esse ano para os carros, o Ivo nunca tinha navegado no buggy, mas nos acertamos rápido com o carro e foi tudo perfeito. O rally foi bastante prazeroso”, resumiu Deninho que, ao lado de Ivo, já havia vencido a prova, mas entre os UTVs.

 

Texto Rodrigo Gini

 

4º Rally Minas Brasil

Segundo dia
Especial: 187 quilômetros / deslocamento: 49,4 quilômetros

Motos
1º Túlio Malta (Yamaha)    2h37min57
2º Ricardo Martins (Yamaha)    2h40min51
3º Bissinho Zavatti (Honda)    2h40min57
4º Martín Duplessis (ARG/Honda) 2h43min33
5º Gabriel Soares (Honda)    2h44min13

UTV
1º Deni do Nascimento / Gunnar Dums (Can-Am)    2h32min35
2º Bruno Varela / Gustavo Bortolanza (Can-Am)    2h34min51
3º André Hort / Idali Bosse (Can-Am)    2h35min14
4º Cristiano Batista / Robledo Nicoletti (Can-Am)    2h35min21
5º Adriano Benvenutti / Henry Ritter (Can-Am)     2h36min11

Carros
1º Denísio Casarini / Ivo Mayer (Buggy Giaffone)    2h34min01
2º Lucas Moraes / Kaíque Bentivoglio (Buggy Giaffone)    2h38min22
3º Rodrigo Aché / Luís Felipe Eckel (Ford Ranger T1)    2h41min58
4º Paulo Góes / Jefferson Teixeira (Mitsubishi L200 Triton)        2h54min43
5º Alessandro Tozoni / Cristina Xavier (Mitsubishi L200 Triton)    2h59min10

Classificação final

Motos
1º Túlio Malta (Yamaha)    5h04min15
2º Bissinho Zavatti (Honda)    5h06min07
3º Martín Duplessis (ARG/Honda) 5h07min02
4º Ricardo Martins (Yamaha)    5h07min40
5º Jean Azevedo (Honda)    5h13min09

UTV
1º Bruno Varela / Gustavo Bortolanza (Can-Am)    4h48min42
2º Cristiano Batista / Robledo Nicoletti (Can-Am)    4h50min45
3º Deni do Nascimento / Gunnar Dums (Can-Am)    4h51min20
4º Adriano Benvenutti / Henry Ritter (Can-Am)     4h53min33
5º André Hort / Idali Bosse (Can-Am)    4h55min20

Carros
1º Denísio Casarini / Ivo Mayer (Buggy Giaffone)    4h51min07
2º Rodrigo Aché / Luís Felipe Eckel (Ford Ranger T1)    5h04min53
3º Alessandro Tozoni / Cristina Xavier (Mitsubishi L200 Triton)    5h33min16
4º Paulo Góes / Jefferson Teixeira (Mitsubishi L200 Triton)            5h36min00
5º Gabriel Boff / Vítor Hugo Boff (Mitsubishi TR4)    5h55min30

* Resultados extra-oficiais

O 4º Rally Minas Brasil é uma realização da Rallymakers com apoio da Prefeitura Municipal de Araxá, Rio Branco Combustíveis, Transmáquinas, Ghia Investimentos, Bompack, Jeep Clube Araxá, Prefeitura de Ibiá, Prefeitura de Pratinha, Prefeitura de Tapira e Prefeitura de Sacramento.

Supervisão: CBM, CBA, FMEMG e FMA

Experiência prevalece no primeiro dia do Rally Minas Brasil

Postado em 11 de março de 2022
Bruno Varela e Bortolanza levaram a melhor entre os UTVs na especial desta sexta  (Crédito Doni Castilho / DFotos)

Bruno Varela e Bortolanza levaram a melhor entre os UTVs na especial desta sexta
(Crédito Doni Castilho / DFotos)

 

Percurso cronometrado de 185 quilômetros sob sol forte e em meio a belas paisagens foi vencido por Adrien Metge (motos); Bruno Varela/Gustavo Bortolanza (UTVs) e Denísio Casarini/Ivo Mayer (carros). Campeões serão conhecidos neste sábado (12)

O mais puro rally cross-country marcou a sexta-feira no 4º Rally Minas Brasil, etapa de abertura do Campeonato Brasileiro CBA e CBM, na região de Araxá (MG). Afinal, a expectativa de um percurso que testasse homens e máquinas e permitisse acelerar forte se confirmou na especial cronometrada de 185,2 quilômetros. Os competidores pouco aproveitaram da bela paisagem, que passou rápido, mas se divertiram com trechos de cascalho e outros mais lisos; a travessia de serras com curvas sinuosas e o trial – as partes pedregosas e de erosões que exigem um pouco mais de prudência. Neste sábado (12), após mais um dia de desafio, serão conhecidos os vencedores desta edição.

Não por acaso, os mais rápidos nas três categorias foram pilotos e navegadores experientes e acostumados a conquistas. Nas motos, o francês Adrien Metge (Yamaha), atual campeão brasileiro e do Sertões, superou outro estrangeiro: o argentino Martín Duplessis, que estreia na equipe Honda. E conquistou uma vantagem importante no caminho para confirmar a vitória geral.

“Fui o segundo a largar e encostei no piloto que saiu à minha frente, mas tive um pouco de dificuldade com a poeira para ultrapassá-lo. Além disso, cometi pequenos erros de navegação, que felizmente não pesaram no tempo. A prova exigiu bastante navegação. Eu estou satisfeito com meu ritmo depois de alguns meses sem correr, foi legal andar aqui, é uma região muito bonita”, resumiu Metge.

Integrante da ‘família da poeira’, Bruno Varela e o navegador Gustavo Bortolanza (Can-Am) saíram na frente entre os UTVs. A dupla superou por 1min24 Cristiano Batista e Robledo Nicoletti (Can-Am), que correm praticamente em casa – são de Patos de Minas. Reinaldo Varela, pai de Bruno, fechou o dia como o quarto mais rápido.

“A especial teve muita quebradeira no começo, bastante exigente e praticamente sem zonas de radar. Foi uma prova mais rápida numa região nova para nós. Agora é cuidar bem do equipamento para conseguir mais um bom resultado“, disse Bruno.

Nos carros, Denísio Casarini e Ivo Mayer levaram o Buggy Giaffone V8 à primeira posição, à frente de Rodrigo Aché e Luís Felipe Eckel (Ford Ranger V8 T1) e de Gunter Hinkelmann e Deco Muniz (Mitsubishi L200 Triton ER).

“Eu não andava de carro há dois anos, não deu tempo de ajustar tudo, então ao longo dos primeiros 50 quilômetros vim me soltando. Alguns competidores tiveram problemas e para nós deu tudo certo. Tinha muita pedra, serra, alguns trechos favoreciam o buggy, outros nem tanto, mas estamos com um ritmo de vitória”, comentou Deninho, bicampeão do Sertões nos UTVs.

Definição

Neste sábado (12) os competidores do Rally Minas Brasil encaram uma especial de 187 quilômetros totalmente diferente da primeira, passando por Tapira e Sacramento. A promessa é de mais um percurso com diferentes condições de piso; subidas e descidas, partes sinuosas; rápidas e mais trial. Ao todo, 78 veículos iniciaram a prova.

Texto Rodrigo Gini
4º Rally Minas Brasil
Primeiro dia
Especial: 185,2 quilômetros / deslocamento: 22,75 quilômetros

Classificação

Motos
1º Adrien Metge (FRA/Yamaha)    2h20min49
2º Martín Duplessis (ARG/Honda) 2h23min28
3º Bissinho Zavatti (Honda)    2h25min09
4º Gabriel Bruning (Yamaha)    2h25min12
5º Túlio Malta (Yamaha)    2h26min18

UTV
1º Bruno Varela / Gustavo Bortolanza (Can-Am)    2h13min50
2º Cristiano Batista / Robledo Nicoletti (Can-Am)    2h15min14
3º Otávio Leite / Wladimir Grunenberg (Can-Am) 2h16min28
4º Reinaldo Varela / Arthur Carneiro (Can-Am)     2h16min54
5º Adriano Benvenutti / Henry Ritter (Can-Am)     2h17min22

Carros
1º Denísio Casarini / Ivo Mayer (Buggy Giaffone)    2h17min06
2º Rodrigo Aché / Luís Felipe Eckel (Ford Ranger T1)    2h22min54
3º Gunter Hinkelmann / Deco Muniz (Mitsubishi L200 Triton V8)        2h31min49
4º Alessandro Tozoni / Cristina Xavier (Mitsubishi L200 Triton)    2h34min06
5º Paulo Góes / Jefferson Teixeira (Mitsubishi L200 Triton)        2h35min16
O 4º Rally Minas Brasil é uma realização da Rallymakers com apoio da Prefeitura Municipal de Araxá, Rio Branco Combustíveis, Transmáquinas, Ghia Investimentos, Bompack, Jeep Clube Araxá, Prefeitura de Ibiá, Prefeitura de Pratinha, Prefeitura de Tapira e Prefeitura de Sacramento.

Supervisão: CBM, CBA, FMEMG e FMA

 

 

Página 1 de 1012345...10...Última »