1º Rally Espírito Santo

Projeto Ideia Fixa levou alegria aos alunos da rede pública de Linhares

Postado em 18 de março de 2014

217902_388349_jun_can_am__19_A parceira entre a Rallymakers, o Projeto Ideia Fixa e a Can Am – BPR deixou em Linhares crianças felizes com alguns gestos muito simples: solidariedade, carinho e ensinamentos básicos para formar bons cidadãos

18 de março de 2014 – A cidade de Linhares, ES, viveu experiências únicas com a passagem do Rally Espírito Santo. Além de levar para a região as maiores feras do rali nacional, o evento também realizou o “Dia do Rally” – ação social em parceria com o Projeto Ideia Fixa, patrocinado pela Can Am – BRP. A competição esteve sediada no município capixaba de 14 a 16 de março, sendo que, na sexta-feira, beneficiou as crianças da escola EMEF Manoel Martins, da rede pública de ensino de Linhares, localizada no Pontal do Ipiranga.

Idealizado pela jornalista Tânia Mara Carvalho, o Ideia Fixa doou kits de leitura e higiene pessoal. “Para começar, levamos alguns alunos da instituição para passear no boxe das equipes que estava montado no estacionamento externo do Shopping PátioMix. Eles ficaram encantados com o que viram e com a forma carinhosa como foram recebidos pelos competidores”, contou Tânia.

Foram entregues kits de higiene bucal e pessoal, brinquedos educativos, livros de histórias infantis e chocolates M&M’s (este último, doados pelo piloto Ernesto Jun Watashi). A interação com os participantes proporcionou várias risadas, diversão e muitas perguntas foram feitas aos off-roaders. “Isso é totalmente fora da realidade deles, então foi um passeio bem diferenciado”, afirmou Fernanda Barbosa Silva, responsável pelo grupo de estudantes. “A maioria dessas crianças nunca saiu das extremidades de onde moram. Sem dúvida, conhecer um esporte tão distinto como o rali, trouxe um momento único à elas”, declarou a professora Regina Pereira dos Santos.

Para a presidente do Ideia Fixa, em 12 anos de ações, essa passagem pelo Espírito Santo trouxe uma experiência inédita e surpreendente. “Vocês sabiam que trabalhos voluntários estimulam a alegria, aliviam as tristezas e evitam doenças? Pessoas que se sentem solidárias expressam mais satisfação pela vida e desenvolvem maior capacidade em lidar com as dificuldades” enfatizou Tânia, que completou. “Em geral se tornam mais felizes e encontram sentido às ações e atitudes. É assim que me sinto ao encerrar mais uma etapa deste projeto ao qual amo me dedicar”, encerrou.

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri

Rally do Espírito Santo conquista público e supera expectativas da organização e competidores

Postado em 16 de março de 2014

Márcio Machado/DFOTOS

Márcio Machado/DFOTOS

Márcio Machado/DFOTOS[/caption]O piloto Lucas Moraes e o navegador Alberto Andreotti foram os vencedores na categoria Carros. Nos caminhões, Guido Salvini, Flávio Bisi e Fernando Chwaigert saíram na frente

16 de março de 2014 – A cidade de Linhares, situada ao Norte do Espírito Santo, caiu nas graças da nação off-road… E a população linharense também adotou os pilotos e navegadores, que neste final de semana, participaram da etapa de abertura do Brasileiro de Rally Cross Country. Nomeado de Rally do Espírito Santo, o certame contabilizou pontos para as primeiras e segundas etapas do campeonato 2014.

O roteiro deste domingo teve 230 quilômetros, com 175 quilômetros de cronômetro aberto, nos quais os competidores tiveram de acelerar tudo o que podiam (e sabiam). A especial partiu do Bairro do Canivete, em uma estrada de canavial, e a chegada foi no vilarejo do Brejo Grande. A população aproveitou a oportunidade e, animada, prestigiou o evento em todos os acessos possíveis (Shopping PátioMix e início/fim de percurso). “A organização do evento estava impecável, e foi perceptível que a direção pensou todos os detalhes. Estou bem satisfeito”, elogiou o piloto Roberto Reijers.

As características de terreno foram mantidas, priorizando o verdadeiro estilo do cross country, ou seja, variedade de obstáculos e terrenos, com destaque para a areia pesada, que demandou braço do piloto e potência do motor dos veículos. O trajeto passou por plantações de eucaliptos, cana-de-açúcar e cacau… Sem falar das áreas descampadas e faixa de praia, que deram um charme extra ao rali. De acordo com os off-roaders, a prova manteve o alto nível técnico, demandando muita navegação. Plantações de cacau, eucalipto e horizontes compuseram o cenário.

Nos carros, a dupla Lucas Moraes e Alberto Andreotti voaram baixo com o protótipo Sherpa e fizeram o menor tempo do Rally do Espírito Santo nos dois dias de provas. “Mesmo com vantagem considerável obtida ontem (mais de quatro minutos), mantivemos a estratégia e aceleramos fundo. O piso estava bem liso devido a chuva passageira, e era preciso muito cuidado para não acontecer nada grave. Foi mais um dia de navegação intensa, por isso, quero parabenizar o meu navegador, o Beco, pelo trabalho em equipe. Foi show”, elogiou Moraes. Em segundo lugar ficaram Marcos Moraes e Eduardo Sachs, seguidos por Mauro Guedes e Neurivan Calado.

Para os caminhões, o traçado foi menor, com 74 quilômetros de trecho cronometrado. O trio da Salvini Racing (o piloto Guido Salvini, o navegador Flávio Bisi e o copiloto Fernando Chwaigert) resolveu o problema no freio do Mercedes-Benz Atego 1725, e terminou a etapa de domingo na primeira posição.

O Rally Espírito Santo se despediu de Linhares, ES. “Agradecemos ao Governo do Estado do Espírito Santo e a Prefeitura de Linhares por todo o apoio concedido a nós durante nossa passagem. A receptividade das pessoas tornou o nosso evento grandioso, e estamos muito felizes por isso. A região tem a geografia perfeita para esses tipos de provas, o que proporcionou uma disputa de alto nível técnico”, salientou o diretor presidente da RallyMakers, Fernando Bentivoglio.

Encerradas as atividades do Rally do Espírito Santo, as atenções dos pilotos de motos, quadriciclos e UTVs se direcionam agora para o Rally RN 1500, de 09 a 13 de abril. A competição será realizada no Rio Grande do Norte e valerá pelas 3ª, 4ª, 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

Classificação – Segunda etapa do Rally do Espírito Santo

Carros
1º Lucas Moraes/Alberto Andreotti, 01h41min24s
2º Marcos Moraes/Eduardo Sachs,01h43min32s
3º Luis Carlos Nacif/Filipe Bianchini de Oliveira, 01h51min04s
4º Mauro Guedes/Neurivan Calado, 01h51min38s
5º Roberto Reijers/Rogério Almeida, 01h53min51s

Caminhões
1º Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, 02h19min54s

Classificação Final – Rally Espírito Santo

Carros
1º Lucas Moraes/Alberto Andreotti, 03h51min10s
2º Marcos Moraes/Eduardo Sachs, 04h00min20s
3º Mauro Guedes/Neurivan Calado, 04h08min24s
4º Luis Carlos Nacif/Filipe Bianchini de Oliveira, 04h09min29s
5º Roberto Reijers/Rogério Almeida, 04h12min25s

Caminhões
1º Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, 06h52min33s

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri

O piloto Jean Azevedo consagra-se no Rally Espírito Santo

Postado em 16 de março de 2014

Márcio Machado/DFOTOS

Márcio Machado/DFOTOS

Nos quadriciclos venceu Gabriel Varela e, entre os UTVs os mais rápidos foram Carlos Ambrosio e Dionizio Carlos da Silva. O Rally Espírito Santo terminou neste domingo

16 de março de 2014 – Um final de semana bem movimentado e diferente na cidade de Linhares, ES, que pela primeira vez recebeu o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. Neste sábado e domingo, pilotos e navegadores de diversas regiões do Brasil aceleraram fundo na busca pelo menor tempo do Rally Espírito Santo. Foram 460 quilômetros, divididos em dois dias.

Neste domingo, o trecho cronometrado teve 175 quilômetros, com mais 55 quilômetros de deslocamentos. A largada ocorreu no Bairro do Canivete, em meio a canavial, e a chegada ao vilarejo de Brejo Grande. De acordo com os competidores, a prova manteve o alto nível técnico, demandando muita navegação. Plantações de cacau, eucalipto e vastos horizontes compuseram o cenário.

O piloto Jean Azevedo mostrou o motivo de ser detentor de sete títulos brasileiros e um dos favoritos ao troféu de 2014. A bordo uma Honda CRF 450X ele foi o mais rápido nos dois dias de disputas, e com isso, subiu ao topo mais alto do pódio do Rally Espírito Santo, na marca de 04h26min01. Em segundo lugar ficou Nielsen Bueno, seguido por Guto Klaumann. “Corremos pela primeira vez na região, por isso, estávamos na expectativa por não conhecermos nada. E foi tudo surpreendente, a parte técnica e organizacional muito boa. O setor da praia, apresentou areião bem pesado, demandando experiência, habilidade e potência do motor”, elogiou Azevedo. “Na questão competitividade, precisei ficar bem atento, pois dentro da minha equipe, a Honda Racing, já tenho adversários extremante fortes, sem contar os pilotos dos outros times, que possuem elevado nível técnico”, contou ele.

Nos Quadriciclos, o jovem Gabriel Varela também tem bom apetite, e não deu chance aos concorrentes. Com um Yamaha 700, ele venceu os dois dias de rali e acumulou o tempo total de 05h24min07. “Deu tudo certo, Graças a Deus. Ontem ainda tive um problema, mas hoje fiz uma prova limpa, buscando o melhor tempo. O diferencial deste evento foi o trecho de areia, difícil de encontrar nas outras etapas”, disse Varela. Na sequência vieram Ernesto Jun Watashi e Bruno Beraldi, em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Entre os UTVs, a dupla Bruno Sperancini e Lourival Roldan venceu a etapa deste domingo, com 02h28min27s, em um Can Am Maverick. “É uma satisfação enorme ganhar esse desafio, principalmente, porque estamos em casa nova, a Can Am. Esse é o nosso primeiro rali defendendo a marca, e vencer essa etapa reforçamos o compromisso que temos com eles”, garantiu Sperancini. Os grandes campeões do Rally do Espírito Santo foram Carlos Ambrósio e Dionizio Carlos da Silva, com a performance de 04h58min29s. Na segunda posição vieram Luiz André Rodrigues e Fernando Monta Filho, seguidos por Sperancini e Roldan.

Encerradas as atividades do Rally do Espírito Santo, as atenções dos pilotos de motos, quadriciclos e UTVs se direcionam agora para o Rally RN 1500, de 09 a 13 de abril. A competição será realizada no Rio Grande do Norte e valerá pelas 3ª, 4ª, 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

Classificação – Segunda etapa do Rally do Espírito Santo

Motos
1º Jean Azevedo, 01h44min39s
2º Nielsen Bueno, 01h47min23
3º Júlio Cesar Zavatti, 01h48min33
4º Ricardo Martins, 01h50min49s
5º Ike Kalumann, 01h52min14

Quadriciclos
1º Gabriel Varela, 02h13min33
2º Ernesto Jun Watashi, 02h17min09
3º Bruno Beraldi, 02h32min06s
4º Diogo Zonato, 02h36min43s

UTVs
1º Bruno Sperancini/Lourival Roldan, 01h59mihn01
2º Carlos Ambrósio/Dionizio Carlos da Silva, 02h00min18s
3º Luiz André Rodrigues/Fernando Monta Filho, 02h01min12s
4º Leandro Torres/Idali Bosse, 02h27min46s
5º Rafael Braga Pinho/Pierre Thevenet, 02h30min18s

Classificação final – Rally Espírito Santo

Motos
1º Jean Azevedo, 03h59min55s
2º Nielsen Bueno, 04h03min25s
3º Gustavo Klaumann, 04h15min41s
4º Júlio Cesar Zavatti, 04h16min55s
5º Alvaro Amarante Almeida, 04h20min36s

Quadriciclos
1º Gabriel Varela, 04h57min48s
2º Ernesto Jun Watashi, 05h13min43s
3º Bruno Beraldi,05h22min58s
4º Diogo Zonato, 05h45min01s

UTVs
1º Carlos Ambrósio/Dionizio Carlos da Silva, 04h30min23s
2º Luiz André Rodrigues/Fernando Monta Filho, 04h33min14s
3º Bruno Sperancini/Lourival Roldan, 04h57min12
4º Leandro Torres/Idali Bosse,05h04min51s
5º Rafael Braga Pinho/Pierre Thevenet, 05h43min37s

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri

Rally do Espírito Santo: pilotos e navegadores dominaram a velocidade

Postado em 15 de março de 2014

Márcio Machado/DFOTOS

Márcio Machado/DFOTOS

Pé cravado no acelerador, manobras de curvas alucinantes e diversos estilos de pilotagem. Toda experiência foi válida na busca pela vitória da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

15 de março de 2014 -A terra é o habitat preferido dessas máquinas… A velocidade está no DNA dos pilotos e navegadores. Um conjunto que rende altas doses de emoção para quem disputará o título do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. O Rally do Espírito Santo deu início a temporada 2014 da competição e acontece neste final de semana, em Linhares, ES. O grid é composto por motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões.

O percurso deste sábado teve 230 quilômetros, sendo 170 quilômetros de cronometro aberto, onde os participantes deram tudo de si para serem os mais rápidos do rali. O destaque do dia foi o trecho de praia beirando o mar… Mas, não foi tão simples o quanto parece ser. Com vegetação em meio a areia, fez-se necessário desviar dos obstáculos para evitar possíveis avarias.

Os atuais campeões brasileiros, o piloto Lucas Moraes e o navegador Alberto Andreotti saíram na frente no campeonato, com 02h07min25 (diferença de 05min19s para a dupla Maurício e Gustavo Bortolanza, segundo colocados).

“Começar com uma vitória é importante, mas ainda tem muito chão pela frente. É o terceiro ano que competimos juntos (Beco) e nosso entrosamento está cada vez melhor. Independente da vitória, amanhã é outro dia, outra etapa, então, lutaremos novamente por esse resultado”, salientou Lucas.

O primeiro dia do Rally do Espírito Santo foi extremamente variado, com estradões de terra batida, areia, erosões, subidas e descidas, algumas lombadas, entre outros obstáculos. E já que a velocidade que interessa: “alcançamos a máxima de 160 km/h. Começamos com o pé direito e buscaremos a vitória desse título inédito”, afirmou Andreotti.

Nos caminhões, o trio da Salvini Racing teve problemas no freio do caminhão, e acumulou o tempo de 4h22min38s.

E continua

Bastante elogiado pelos competidores, o Rally do Espírito Santo prossegue neste domingo, a partir das 8h. Serão mais 175 quilômetros de especial em roteiro parcialmente novo. Os trechos que se repetirão serão percorridos em sentido inverso ao deste sábado. De acordo com o diretor técnico da Rallymakers, Eduardo Magalhães, as características prevalecem, valorizando o verdadeiro estilo cross country. A premiação dos vencedores está prevista para às 16h.

Classificação – Primeira etapa do Rally do Espírito Santo

Carros
1º Lucas Moraes/Alberto Andreotti, 02h57min25s
2º Maurício Bortolanza/Gustavo Bortalanza, 02h12min45s
3º Mauro Guedes/Neurivan Calado, 02h14min15s
4º Marcos Moraes/Eduardo Sachs, 02h14min38
5º Luis Carlos Nacif/Filipe Bianchini de Oliveira, 02h16min04s

Caminhões
1º Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, N/C

Classificação – Geral do Rally do Espírito Santo

Carros
1º Lucas Moraes/Alberto Andreotti, 02h09min45s
2º Maurício Bortolanza/Gustavo Bortalanza, 02h14min59s
3º Mauro Guedes/Neurivan Calado, 02h16min45s
4º Marcos Moraes/Eduardo Sachs, 02h16min48
5º Luis Carlos Nacif/Filipe Bianchini de Oliveira, 02h18min25s

Caminhões
1º Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, N/C

Programação – Rally do Espírito Santo

16 de março – domingo
8h – Largada da primeira moto no parque de apoio
8h30 – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h – Largada do primeiro carro no parque de apoio
10h30 – Largada do primeiro carro na Prova Especial
16h – Cerimonial de premiação

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri

Rally do Espírito Santo abriu a temporada 2014 do rali cross country

Postado em 15 de março de 2014

Doni Castilho/DFOTOS

Doni Castilho/DFOTOS

A primeira etapa da competição foi realizada neste sábado, em Linhares, ES. No percurso de aproximadamente 170 quilômetros, pilotos de motos, quadriciclos e UTVs aceleraram forte na busca do menor tempo

15 de março de 2014 – Acabou o aquecimento, e quem sabe levantou a poeira no Rally do Espírito Santo – válido pelas primeira e segunda etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. E este é um momento de festa, pois após dez anos, o calendário nacional de provas off-road retorna ao Estado capixaba. O evento é realizado neste final de semana e conta com as categorias motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões.

A largada foi neste sábado, às 8h30 do estacionamento do Shopping PátioMix. O trecho cronometrado foi de 170 quilômetros, com 60 quilômetros de deslocamento. A chegada ocorreu no Pontal do Ipiranga, área litorânea, pertencente a região do Verde e das Águas.

A RallyMakers – organizadora do certame – impôs um roteiro com piso irregular, em setores estreitos. Dentre os obstáculos, algumas poças de lama devido as chuvas sazonais que ocorrem durante o dia. O piloto Jean Azevedo, que venceu a etapa entre as motos na marca de 02h15min16, aprovou a bateria inicial. “No começo, o percurso era travado e, na sequência, adentramos setores rápidos onde aproveitei para impor um ritmo mais forte de aceleração. O final do trajeto apresentou piso arenoso, que naturalmente segura os pneus dos veículos, exigindo potência do motor”, detalhou Azevedo, que completou. “Peguei chuva pelo caminho e isso me atrapalhou um pouco, desta forma, diante das dificuldades que encontrei, estou bem satisfeito com este resultado”.

O piloto Gabriel Varela superou os concorrentes com 37 segundos de vantagem. “Foi uma disputa bem emocionante e puxada para mim, pois na parte de areia perdi meu hodometro. Apesar desses pormenores, gostei demais desta etapa”, contou Varela.

Nos UTVs, Carlos Ambrósio e Dionizio Carlos da Silva fizeram a marca de 02h28min26. “Traçado bem técnico, que exigiu um pouco de cautela e bastante navegação. Também acelerei debaixo de chuva, e que, junto com as alternâncias de obstáculos, deixou o rali mais emocionante”, disse Ambrósio.

Amanhã tem mais! Serão mais 175 quilômetros de especial, com chegada no vilarejo do Brejo Grande. As características da etapa serão mantidas, preservando o espírito do cross country. “Pediremos mais uma dose de experiência e atenção dos participantes”, salientou o diretor presidente da RallyMakers, Fernando Bentivoglio. A largada está programada para às 8h, com premiação dos vencedores às 18h.

Classificação – Primeira etapa do Rally do Espírito Santo

Motos
1º Jean Azevedo, 02h13min21s
2º Nielsen Bueno, 02h14min04s
3º Gustavo Klaumann, 02h20min18s
4º Alvaro Amarante Almeida, 02h25min58s
5º Júlio Cesar Zavatti, 02h26min24s

Quadriciclos
1º Gabriel Varela, 02h42min13s
2º Bruno Beraldi, 02h48min43s
3º Ernesto Jun Watashi, 02h54min29s
4º Diogo Zonato, 03h06min09s

UTVs
1º Carlos Ambrósio/Dionizio Carlos da Silva, 02h30min04s
2º Luiz André Rodrigues/Fernando Monta Filho, 02h32min02s
3º Leandro Torres/Idali Bosse, 02h37min05s
4º Bruno Sperancini/Lourival Roldan, 02h58min11s
5º Rafael Braga Pinho/Pierre Thevenet, 03h13min19s

Classificação – Geral do Rally do Espírito Santo

Motos
1º Jean Azevedo, 02h15min16s
2º Nielsen Bueno, 02h16min02s
3º Gustavo Klaumann, 02h22min16s
4º Alvaro Amarante Almeida, 02h27min56s
5º Júlio Cesar Zavatti, 02h28min21s

Quadriciclos
1º Gabriel Varela, 02h44min14s
2º Bruno Beraldi, 02h50min52s
3º Ernesto Jun Watashi, 02h56min34s
4º Diogo Zonato, 03h08min18s

UTVs
1º Carlos Ambrósio/Dionizio Carlos da Silva, 02h27min50s
2º Luiz André Rodrigues/Fernando Monta Filho, 02h29min52s
3º Leandro Torres/Idali Bosse, 02h34min54s
4º Bruno Sperancini/Lourival Roldan, 02h55min56s
5º Rafael Braga Pinho/Pierre Thevenet, 03h11min16s

Programação – Rally do Espírito Santo

16 de março – domingo
8h – Largada da primeira moto no parque de apoio
8h30 – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h – Largada do primeiro carro no parque de apoio
10h30 – Largada do primeiro carro na Prova Especial
16h – Cerimonial de premiação

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri

Prólogo definiu a ordem de largada para o Rally do Espírito Santo

Postado em 14 de março de 2014

Doni Castilho/DFOTOS

Doni Castilho/DFOTOS

Desafio inicial foi uma pequena amostra do que os competidores terão de enfrentar nos 460 quilômetros de rali

14 de março de 2014 – Em Linhares, ES, foram percorridos os primeiros quilômetros do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. O Rally do Espírito é válido pelas primeiras e segundas etapas do certame, e acontece neste final de semana. A rivalidade entre as equipes e o desejo de vitória já puderam ser percebidos na tarde desta sexta, com a realização do prólogo – tomada de tempo que definiu a ordem de largada para a primeira etapa da competição.

O Rally do Espírito Santo reúne um grid de 52 veículos, entre motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões. São pilotos e navegadores vindos de diversas partes do Brasil, a exemplo do Pará, Piauí, Goiás, Distrito Federal, Santa Catarina, Paraná e demais estados.

O prólogo teve início às 15h30, e uma arquibancada acomodou a população linharense, que prestigiou o evento e vibrou com a exibiçao dos off-roaders. O percurso de terra teve aproximadamente 2 quilômetros com muitas curvas, sendo duas delas com elevação invertida (formando um paredão igual ao Daytona 500 Milhas), o que aumentou a adrenalina dos participantes. “O prólogo é legal porque apresenta o rali para a população local. Mas, sobretudo, pelo seu objetivo desportivo, que é formar a posição de largada. Como vencedor da tomada de tempo, posso escolher a posição que largarei. Mas, independente da colocação, nós só definimos a estratégia após a realização no briefing”, contou o piloto Jean Azevedo, vencedor da categoria motos.

Entre os quadriciclos, melhor para o piloto Gabriel Varela. “Largar na frente é bom porque não enfrentamos a poeira dos outros participantes. Daqui em diante, é preocupar-se com a vitória. Foi um dos melhores prólogos que já fizemos e com certeza será um rali sensacional”, comentou.

Nos UTVs, o melhor tempo foi de Rafael Braga Pinho e Pierre Thevenet. “Sair na frente é sempre especial. É o meu primeiro ano no rali cross country e tudo é novidade para mim. Essa vitória é sinal de que estamos no caminho certo”, disse Pinho.

A categoria carros foi a quarta a entrar no circuito de terra, e o piloto Marcos Baumgart e o navegador Kleber Cinca cravaram o menor tempo. “Nós superamos todos os concorrentes, mas a competição só começa a amanhã. Hoje foi só um aquecimento e uma mostra do que somos capazes de fazer”, falou Cincea.

Para encerrar o dia, o caminhão do trio formado por Guido Salvini, Flávio Bisi e Fernando Chwaigert mostrou toda a potência do motor. “E seguiremos na busca de mais um título nacional. Fomos os mais rápidos do prólogo e seguiremos animados na etapa de amanhã”, afirmou Salvini.

Sábado

Amanhã, 15, a partir das 8h30, os pilotos serão autorizados a buscar o menor tempo do Rally do Espírito Santo, ou seja, quanto mais velocidade, melhor. Porém, vários serão os obstáculos deste trajeto que terá aproximadamente 170 quilômetros de cronometro aberto. A largada será no Shopping PátioMix e a chegada no Pontal do Ipiranga

Classificação – Prólogo Rally do Espírito Santo

Motos
1º Jean Azevedo, 01min55s
2º Marcos Pereira Betencorte, 01min56, 8
3º Felipe Rogério Carlette, 01min56,8
4º Júlio Cesar Zavatti, 01min56,9
5º Nielsen Bueno, 01min57,7

Quadriciclos
1º Gabriel Varela, 02min01,1
2º Enersto Jun Watashi, 02min04,9
3º Diogo Zonato, 02min08,6
4º Bruno Beraldi, 02min08,7

UTVs
1º Rafael Braga Pinho/Pierre Thevenet, 02min07,9
2º Gunter Hinkelmann/Giuseppe Jansem Mirone, 02min08,0
3º Luiz André Rodrigues/Fernando Monta Filho, 02min09,5
4º Wander Manoel Garcez Ribeiro/Juliano Gleisson Filho, 02min09,7
5º Gilberto Augusto Mayorga/Elton Pontes, 02min10,0

Carros
1º Marcos Baumgart/Kleber Cincea, 02min05,0
2º Roberto Correa/Breno Rezende, 02min09,4
3º Marcos Moraes/Eduardo Sachs, 02min09,9
4º José Jorley Júnior/Maykel Justos, 02min10,5
5º Luis Facco/Humberto Ribeiro, 02min13,2

Caminhões
1º Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, 02min38,8

Programação – Rally do Espírito Santo

15 de março – sábado
8h30 – Largada primeira moto do parque de apoio
9h – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h30 – Largada do primeiro carro no parque de apoio
11h – Largada do primeiro carro na Prova Especial
19h – Briefing (motos, quadriciclos, UTVs)
19h30 – Briefing (carros e caminhões)

16 de março – domingo
8h – Largada da primeira moto no parque de apoio
8h30 – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h – Largada do primeiro carro no parque de apoio
10h30 – Largada do primeiro carro na Prova Especial
16h – Cerimonial de premiação

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri

Rally do Espírito Santo: largada é amanhã em Linhares

Postado em 14 de março de 2014

Doni Castilho/DFOTOS

Doni Castilho/DFOTOS

Evento concentra-se no estacionamento do Shopping PátioMix. A velocidade está garantida neste sábado e domingo. Largada da primeira moto será às 8h30

14 de março de 2014- E a cidade de Linhares, ES, faz a sua estreia no calendário brasileiro de rali cross country. Neste final de semana, pilotos e navegadores acelerarão por 460 quilômetros que cruzarão a região do Verde e das Águas. São equipes de diversas partes do Brasil, em uma interessante mistura de costumes e sotaques.

O Rally do Espírito Santo traz consigo uma grande responsabilidade, pois é a abertura da temporada 2014 do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. Ou seja, os competidores estão ávidos para acelerar e querem sentir o gosto da vitória. Todos almejam subir no primeiro pódio do ano, mas apenas um será capaz de disso.

“Por isso, preparamos uma prova bem radical, com nível técnico bastante elevado. Testaremos a coragem e a perspicácia dos off-roaders em um terreno que apresentará diversos obstáculos, a exemplo do chão arenoso que demandará motor e braço forte, sequências de curvas que destacarão aqueles que forem destemidos e arrojados… Ou seja, será uma disputa bem interessante de se assistir”, contou o diretor presidente da Rallymakers, Fernando Bentivoglio. “A população está convidada a participar do evento. Trata-se de uma oportunidade única de estar perto das maiores feras da velocidade off-road, bem como de suas máquinas super preparadas. O acesso é gratuito”, avisou.

O direto técnico da Rallymakers, Eduardo Magalhães, disse que o levantamento do roteiro rendeu muito trabalho, mas que cada suor valeu a pena. “Temos setores de praia e campo, e paisagens magníficas. Atravessaremos plantações de eucalipto, cana-de-açúcar e cacau, e privilegiaremos as lagoas. Foi uma busca incessante para encontrar o melhor da região e conseguimos. Tenho certeza de que todos sairão de Linhares bem satisfeitos”, garantiu Magalhães.

E atenção: neste sábado, a largada será às 8h30, do estacionamento do Shopping PátioMix. A previsão é que a primeira etapa encerre-se às 16h. O Rally do Espírito Santo continua no domingo, 16, com largada às 8h. A premiação dos vencedores está prevista para às 16h.

Programação – Rally do Espírito Santo

14 de março – sexta-feira
8h30 às 18h30 – Funcionamento da secretaria de prova
9h às 13h – Vistoria técnica dos veículos
9h30 às 11h30 – Reconhecimento da pista de prólogo
13h às 14h – Vistoria técnica dos veículos (com multa)
14h às 14h30 – Parque fechado pré-prólogo (motos, quadriciclos, UTVs)
15h às 15h30 – Parque fechado pré-prólogo (carros e caminhões)
15h – Prólogo -motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões
19h30 – Briefing e entrega de livro de bordo (motos, quadriciclos, UTVs)
20h – Briefing e entrega de livro de bordo (carros e caminhões)

15 de março – sábado
8h30 – Largada primeira moto do parque de apoio
9h – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h30 – Largada do primeiro carro no parque de apoio
11h – Largada do primeiro carro na Prova Especial
19h – Briefing (motos, quadriciclos, UTVs)
19h30 – Briefing (carros e caminhões)

16 de março – domingo
8h – Largada da primeira moto no parque de apoio
8h30 – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h – Largada do primeiro carro no parque de apoio
10h30 – Largada do primeiro carro na Prova Especial
16h – Cerimonial de premiação

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri

Vai começar a disputa: competidores do Brasil inteiro estão no Espírito Santo

Postado em 13 de março de 2014

Doni Castilho/DFOTOS

Doni Castilho/DFOTOS

É neste final de semana… A cidade de Linhares, ES, recebe equipes de diversos estados e a população aguarda ansiosamente para ouvir o ronco dos motores

13 de março de 2014 – Amanhã será dada a largada do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country 2014 e o estado capixaba é o ponto inicial desta disputa. Além de hospitaleira, a região contribui com excelentes trilhas (ideal para a prática do esporte a motor fora-de-estrada). A partir desta sexta-feira, pilotos e navegadores de motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões vão acelerar fundo na busca de serem os competidores mais rápidos e destemidos do País.

O percurso explorará o melhor da região do Verde e das Águas. Serão 460 quilômetros (divididos em dois dias de rali), que passarão por plantações de eucalipto, cana-de-açúcar e cacau. O terreno mesclará areia (pesada), chão batido, intercalando trechos de velocidade e travado, com várias curvas.

E não há distância que separe os participantes do desejo de vitória. De Rio Negrinho, Santa Catarina, os irmãos Guto e Ike Klaumann encararão o desafio na categoria Motos. E a competitividade do grupo será bem acirrada, uma vez que no grid estão os pilotos Jean Azevedo (multicampeão brasileiro e bicampeão do Rally Dakar), Julio Cesar Zavatti (o Bissinho), Nielsen Bueno, entre outros. “Chega a dar um frio na barriga. Faremos um roteiro inédito e que trará obstáculos diversos. O trajeto será extremamente técnico, e isso exigirá muito cautela e prudência, ao mesmo tempo que não poderemos aliviar da velocidade”, comentou Ike.

Da outra ponta do País, vem o piauiense Humberto Ribeiro, de Teresina. Ele afirma que a briga pelo pódio será bastante árdua, devido a alta qualidade técnica dos concorrentes; por isso, o objetivo é seguir focado, sem medir esforços para conquistar a vitória. “Queremos iniciar o Campeonato Brasileiro com o primeiro lugar da categoria Carros. Meu piloto, Luis Facco, garantiu que está com o pé pesado e não aliviará no pedal”, disse descontraído Ribeiro.

Amanhã, às 15h, será realizado o prólogo – tomada de tempo que definirá a ordem de largada do certame. A concentração dos boxes estará no Shopping PátioMix. O público terá livre acesso ao local nos três dias do Rally do Espírito Santo.

Programação – Rally do Espírito Santo

14 de março – sexta-feira
8h30 às 18h30 – Funcionamento da secretaria de prova
9h às 13h – Vistoria técnica dos veículos
9h30 às 11h30 – Reconhecimento da pista de prólogo
13h às 14h – Vistoria técnica dos veículos (com multa)
14h às 14h30 – Parque fechado pré-prólogo (motos, quadriciclos, UTVs)
15h às 15h30 – Parque fechado pré-prólogo (carros e caminhões)
15h – Prólogo -motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões
19h30 – Briefing e entrega de livro de bordo (motos, quadriciclos, UTVs)
20h – Briefing e entrega de livro de bordo (carros e caminhões)

15 de março – sábado
8h30 – Largada primeira moto do parque de apoio
9h – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h30 – Largada do primeiro carro no parque de apoio
11h – Largada do primeiro carro na Prova Especial
19h – Briefing (motos, quadriciclos, UTVs)
19h30 – Briefing (carros e caminhões)

16 de março – domingo
8h – Largada da primeira moto no parque de apoio
8h30 – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h – Largada do primeiro carro no parque de apoio
10h30 – Largada do primeiro carro na Prova Especial
16h – Cerimonial de premiação

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri

Dias de expectativa para o Rally do Espírito Santo

Postado em 12 de março de 2014

1203_DoniCastilho-4004É neste final de semana. Equipes de diversas regiões do Brasil começam a se deslocar para a cidade de Linhares, ES

12 de março de 2014 – Apenas dois dias e as maiores feras do cross country nacional estarão acelerando suas máquinas pelas trilhas da cidade de Linhares, ES. De 14 a 16 de março, a velocidade é a palavra de ordem para esses competidores, que disputarão “segundo a segundo” o título do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country 2014. Até o mês de dezembro, milhares de quilômetros serão percorridos de Norte a Sul do Brasil.

O ponto de partida é o Estado do Espírito Santo, que depois de muitos anos, retorna ao calendário nacional. Mas a sede, Linhares, faz sua estreia no cenário off-road. “Estamos bastante contentes de levar o rali para uma região tão importante do nosso País, colaborando também com o turismo e com a economia local. Reuniremos uma caravana de mais de 400 pessoas no município, que está despendendo muito esforço para nos recepcionar da melhor forma possível”, comentou o diretor presidente da Rallymakers – empresa organizadora do evento -, Fernando Bentivoglio.

O parque de apoio do rali será no estacionamento do Shopping PátioMix. O prólogo – tomada de tempo que definirá a ordem de largada – acontecerá na sexta-feira, a partir 15h. A população está convidada e para garantir um bom lugar é interessante chegar ao local às 14h30. Os boxes das equipes também estarão abertos. O acesso do público ao Rally do Espírito Santo é gratuito.

A largada da primeira etapa está marcada para às 8h, de sábado, 15, com partida da primeira moto. Diferentemente das corridas de pista, no rali os veículos largam individualmente. O certame prossegue no domingo, a partir das 8h30.

Para destacar os participantes capixabas, a Rallymakers criou a categoria Motos Regionais. O interesse dos pilotos locais comprova a vocação do Espírito Santo para o rali cross country. “A maioria dos motociclistas da região é praticante do Enduro de Regularidade e Enduro FIM. Agora, teremos a oportunidade de experimentar uma modalidade nova e, quem sabe, fomentar uma nova categoria por aqui”, disse o piloto de Linhares, Francisco Luis da Silva Felner.

Da mesma opinião, compartilha o piloto Lessandro Fereguetti, também de Linhares. “Ter uma categoria exclusiva para nós é importante, pois incentiva o pessoal que não participará de todo o campeonato, e aqueles que tem pouca experiência em rali. Será minha estreia”, declarou o piloto

O Rally do Espírito Santo terá aproximadamente 460 quilômetros, divididos em dois dias. O percurso atravessará plantações de eucalipto, cana-de-açúcar e cacau. O terreno apresentará areia (pesada), chão batido, intercalando trechos de velocidade e travado, com várias curvas.

Programação – Rally do Espírito Santo

14 de março – sexta-feira
8h30 às 18h30 – Funcionamento da secretaria de prova
9h às 13h – Vistoria técnica dos veículos
9h30 às 11h30 – Reconhecimento da pista de prólogo
13h às 14h – Vistoria técnica dos veículos (com multa)
14h às 14h30 – Parque fechado pré-prólogo (motos, quadriciclos, UTVs)
15h às 15h30 – Parque fechado pré-prólogo (carros e caminhões)
15h – Prólogo -motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões
19h30 – Briefing e entrega de livro de bordo (motos, quadriciclos, UTVs)
20h – Briefing e entrega de livro de bordo (carros e caminhões)
15 de março – sábado
8h30 – Largada primeira moto do parque de apoio
9h – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h30 – Largada do primeiro carro no parque de apoio
11h – Largada do primeiro carro na Prova Especial
19h – Briefing (motos, quadriciclos, UTVs)
19h30 – Briefing (carros e caminhões)

16 de março – domingo
8h – Largada da primeira moto no parque de apoio
8h30 – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h – Largada do primeiro carro no parque de apoio
10h30 – Largada do primeiro carro na Prova Especial
16h – Cerimonial de premiação

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri

Rally do Espírito Santo: categoria UTV em ascensão no Brasil

Postado em 11 de março de 2014

210_DoniCastilho-9241Os UTVs foram oficializados no rali nacional em 2012 e, desde então, é a categoria que mais cresce no País. Competidores demonstrarão a vocação dos veículos durante o Rally do Espírito Santo. Inscrições para a prova terminam hoje

11 de março de 2014 – A etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country distribuirá emoções. Com cinco categorias – motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões -, o Rally do Espírito Santo será realizado neste final de semana, 14 a 16, na cidade de Linhares, ao Norte do Espírito Santo. Organizado pela Rallymakers, o evento estará concentrado no estacionamento do Shopping PátioMix.

Dentre os veículos expostos, os UTVs despertarão a maior curiosidade. Com aparência dividida entre os quadriciclos e os carros, é uma concepção de utilitário que, preparado para o rali, tem atraído diversos participantes. As siglas significam Utility Task Vehicle, e na tradução livre: Veículo Utilitário Todo Terreno. “O UTV é bem diferenciado dos quadriciclos e também dos carros, embora possua volante, bancos e acomode duas pessoas. É pequeno, rápido e resistente. Vai se dar muito bem nas características da prova capixaba”, explicou o diretor presidente da Rallymakers, Fernando Bentivoglio.

O piloto Bruno Sperancini, detentor de três títulos nacionais (um nos quadris, e dois nos UTVs), é um dos grandes incentivadores da categoria. “Tenho orgulho de ter colaborado para o surgimento do grupo. Hoje, trabalho na divulgação da categoria, com a confiança das pessoas de todo o meio off-road. Isso me realiza como competidor”, comentou ele, que em 2014 correrá com um Can Am Maverick.

O Rally do Espírito Santo terá cerca de 460 quilômetros, divididos em dois dias. As especiais – trecho cronometrado – serão bem técnicas, com diversos obstáculos off-road. Entre o mar e a serra, os participantes passarão por plantações de eucaliptos, cana-de-açúcar, cacau e descampados, privilegiando as lagoas – maior característica de Linhares.

“Eu escolhi a categoria UTV porque as máquinas são muito potentes e seguras. Isso faz com que a competitividade entre os pilotos seja alta. Desta forma, as minhas expectativas para essa primeira prova do Campeonato Brasileiro são as melhores possíveis, uma vez que o local também é inédito”, disse o piloto Rodrigo Varela, que também acelerará um Can Am Maverick.

A população está convidada para participar do evento, o acesso é gratuito. Acompanhe abaixo a programação do Rally do Espírito Santo.

Programação – Rally do Espírito Santo

14 de março – sexta-feira
8h30 às 18h30 – Funcionamento da secretaria de prova
9h às 13h – Vistoria técnica dos veículos
9h30 às 11h30 – Reconhecimento da pista de prólogo
13h às 14h – Vistoria técnica dos veículos (com multa)
14h às 14h30 – Parque fechado pré-prólogo (motos, quadriciclos, UTVs)
15h às 15h30 – Parque fechado pré-prólogo (carros e caminhões)
15h – Prólogo -motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões
19h30 – Briefing e entrega de livro de bordo (motos, quadriciclos, UTVs)
20h – Briefing e entrega de livro de bordo (carros e caminhões)

15 de março – sábado
8h30 – Largada primeira moto do parque de apoio
9h – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h30 – Largada do primeiro carro no parque de apoio
11h – Largada do primeiro carro na Prova Especial
19h – Briefing (motos, quadriciclos, UTVs)
19h30 – Briefing (carros e caminhões)

16 de março – domingo
8h – Largada da primeira moto no parque de apoio
8h30 – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h – Largada do primeiro carro no parque de apoio
10h30 – Largada do primeiro carro na Prova Especial
16h – Cerimonial de premiação

O Rally do Espírito Santo é realizado por Rallymakers, com promoção da Agência Black Box. Conta com apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura de Linhares, Prefeitura Municipal de São Mateus, BRP Can Am, DNA Comunicação Digital, Bike Box e Calibri

Página 1 de 3123