Sem categoria

10º Rally Barretos: primeira etapa rendeu muitos elogios à Rallymakers

Postado em 05 de março de 2016

Em um percurso bem sinalizado e seguro, pilotos e navegadores aceleraram forte em busca do melhor tempo do primeiro dia de prova. Mais do que vencer este rali, é colocar o próprio nome no hall dos vencedores da edição de dez anos do Rally Barretos

277160_582213_033_donicastilho_2549

E os motores foram ligados neste sábado, 05 de março, em Barretos, SP. A partir de agora, velocidade na terra e aventura são as substâncias que pilotos e navegadores do rali cross country buscarão por toda temporada 2016 dos Campeonatos Brasileiro de Rally Cross Country e Rally Baja. Neste sábado, foi aberto o cronometro do Rally Barretos, que alcança a sua décima edição e, para comemorar este feito, uma festa foi preparada com muito carinho pela organização – a Rallymakers. Participam deste encontro 93 veículos, entre motos, quadriciclos, UTVs e carros, que estão com seus boxes montados no Parque do Peão.

Entre as estrelas que fazem este evento brilhar, dois importantes nomes se destacam por marcar presença no Rally Barretos desde a primeira edição: a piloto Moara Sacilotti (motos) e o piloto Luiz Facco (carros). “Compor esta engrenagem há dez anos é especial e mostra o quanto gostamos deste evento. Um rali é composto por vários ‘braços’, e os competidores formam um deles… Sou um dos poucos nomes que acompanham essa trajetória desde o início”, disse orgulhoso Facco.

Ainda, para marcar essa comemoração, uma equipe boliviana deu o status de “internacional” ao Rally Barretos: a Gutierrez Racing, com os pilotos Rodrigo Gutierrez Fleng e Fabricio Alejandro Roca, pela categoria UTVs. “É a nossa primeira vez no Brasil. Estamos admirados com a estrutura das equipes e com as novidades mecânicas que elas trazem nos veículos. Vamos disputar outras etapas do Campeonato Brasileiro e já penso em fazer alguns investimentos no nosso time”, destacou o piloto Cordaro, que disputou o Rally Dakar deste ano.

Quando a disputa se torna diversão…

Todos os competidores querem vencer… Isso é fato! Ainda mais em uma edição tão importante como esta dos dez anos de Rally Barretos! Mas quando pilotos e navegadores iniciam um roteiro no qual se sentem seguros para acelerar, a disputa vira diversão. Neste primeiro dia de desafio, foram aproximadamente 150 quilômetros de trecho cronometrado, que adentrou a área rural de Barretos, passando por corredores de boiadeiros, canaviais e estradas vicinais.

Entre muitos saltos, poças d’água, lama e erosões, o que mais chamou a atenção dos off-roaders foi a alta velocidade e a primazia com que a Rallymakers levantou o percurso… Consequência disso? Inúmeros foram os elogios recebidos pelas equipes. “Antes de mais nada, tenho que parabenizar a organização pelo nível técnico e de segurança desta prova. Está tudo impecável”, disse o piloto Ramon Sacilotti, que venceu a bateria deste sábado. “O Rally Barretos sempre gera fortes expectativas, pois é a primeira etapa do campeonato. Deu para acelerar forte e abrir o ano com o pé direito”, completou. Na segunda posição ficou Leonardo Uratani, e em terceiro, Fabricio Bianchini.

Nos quadriciclos, Richard Amaral retornou às atividades depois de se recuperar de um acidente, e fez este regresso valer a pena. “Foi um certame bem difícil, com elevado nível técnico. É bom voltar aos ralis e completar a especial”, comemorou ele, que foi seguido pelos pilotos Jérémy Dubois e Luiz Fernando Melo.

Nos UTVs, uma disputa apertada e uma diferença de apenas 19 segundos de André Hort para Dimas de Melo Pimenta III, e 30 segundos para Edson Turzino Nole. “Essa categoria está extremamente acirrada. Um erro sequer, e você pode comprometer o resultado. O fato do trajeto estar com muita lama, fez com que eu tivesse mais cautela na hora de pilotar. A organização está de parabéns, pois para mim, o mais importante é a segurança do piloto”,salientou Hort.

A competitividade entre os participantes da categoria carros também não ficou atrás. O piloto Reinaldo Varela e o navegador Gustavo Gulgelmim ganharam por apenas 1 minuto e 50 segundos da dupla Marcos Moraes e Fábio Pedroso.“Excelente desafio, com obstáculos de terrenos variados. Um bom início de campeonato. Alto nível de pilotagem e navegação. Um rali que faz jus aos seus dez anos”, falou Gulgelmim.

Para encerrar a programação deste sábado, a apresentação do rock clássico da Five Dollar Shot. E amanhã tem mais Rally Barretos. A largada da primeira moto será às 8h, com previsão de encerramento para às 15h30. O percurso terá os mesmos 150 quilômetros, cuja tendência será ainda mais velocidade, uma vez que os participantes já fizeram o reconhecimento do trecho.

Classificação – 10º Rally Barretos

Categoria Motos

1º Ramon Sacilotti, 02h04min34s
2º Leonardo Uratani, 02h10min33s
3º Fabrício Bianchini, 02h10min35
4º Luiz Fernando Menuzzo, 02h10min50s
5º João Paulo Pires Martins, 2h17min29s

Categoria Quadriciclos

1º Richard Amaral, 2h17min14s
2º Jeremy Dubois, 03h53min00s
3º Luiz Fernando Melo, 03h56min48

Categoria UTVs

1º André Hort, 02h08min16s
2º Dimas de Melo Pimenta III, 02h08min35s
3º Edson Turzino Nole, 02h08min47s
4º Erik Evandro Donatto, 02h09min26s
5º Diego de Azevedo Pizzo, 02h09min40s

Categoria Carros

1º Reinaldo Varela e Gustavo Gulgelmin, 01h55min18s
2º Marcos Moraes e Fábio Pedroso, 01h57min09s
3º Michel Terpins e Beco Andreotti, 01h59min13s
4º Thiago Rizzo e Cadu Sachs, 02h03min48s
5º André Miranda e Alison Pedroso, 02h06min00s

Programação – 10º Rally Barretos

06 de março – domingo 
8h - Largada na Especial (150 km + 22km de deslocamentos)
10h30 - Largada do 1º carro na Prova Especial
11h - Início do Super Prime seguido de premiação CBM
13h - Início do Super Prime seguido de premiação CBA
15h30 - Cerimonial de encerramento
Almoço musical a partir de 12h com o Grupo Escorregando e em seguida o Rock clássico da Five Dollar Shot

O 10º Rally Barretos tem apoio da Prefeitura de Barretos, os Independentes, Bike Box, Divino Fogão, FD Stands & Displays e Cennarion. Promoção Black Box